Manhã difícil para o atletismo brasileiro nos Jogos Rio 2016

País não avança no salto com vara e 100m com barreiras feminino, e 200m e 1500m masculino / Foto: Washington Alves/Exemplus/COBPaís não avança no salto com vara e 100m com barreiras feminino, e 200m e 1500m masculino / Foto: Washington Alves/Exemplus/COB

Rio de Janeiro - O atletismo brasileiro não teve uma boa manhã nesta terça-feira, dia 16, nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Nenhum dos oito brasileiros que entraram na pista conseguiu avançar às fases seguintes de suas provas.
 
No salto com vara, Fabiana Murer e Joana Costa foram eliminadas. Joana chegou a saltar 4,15m, mas acabou falhando nas três tentativas de superar 4,30m. Já Fabiana Murer, que vinha sentindo dores devido a uma hérnia de disco, foi eliminada sem conseguir realizar nenhum salto perfeito. A campeã mundial de 2011 abriu mão de tentar os saltos nas alturas de 4,15m, 4,30m e 4,45m para iniciar seu saltos em 4,55m. Murer, porém, não conseguiu superar a marca em nenhuma das três tentativas e acabou eliminada.
 
Nos 100m com barreiras feminino, Maila Machado terminou em quinto na 2a bateria das eliminatórias, com tempo de 13s09, e não se classificou para as semifinais, assim como Fabiana Moraes, que também foi quinta colocada na sexta bateria, com 13s22.
 
Entre os homens, Thiago André não conseguiu avançar nos 1.500m O brasileiro fez tempo de 3m44s42, terminando na décima primeira colocação, acima dos 3m39s51 do último classificado de sua bateria, o marroquino Fouad Elkaam, sexto colocado. 
 
Nos 200m rasos, Jorge Vides (3º colocado na 4ª bateria com 20s50), Bruno Lins (6º colocado na 8ª bateria com 20s59) e Aldemir Silva Junior (7º colocado na 10ª bateria com 20s80) não conseguiram avançar na competição e foram eliminados.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook