Americano Shad Tuten vence o 66º JHSF Aberto do Brasil

Americano Shad Tuten vence o 66º JHSF Aberto do Brasil / Foto: Zeca Resendes/CBGolfeAmericano Shad Tuten vence o 66º JHSF Aberto do Brasil / Foto: Zeca Resendes/CBGolfe

Porto Feliz - Shad Tuten foi o grande campeão do 66º JHSF Aberto do Brasil, a décima etapa do PGA TOUR Latinoamérica, encerrado neste domingo (29), na Fazenda Boa Vista, em Porto Feliz (SP). O americano virou o placar na última volta, para superar os compatriotas Patrick Flavin e Patrick Newcomb por duas tacadas. Rodrigo Lee foi o melhor brasileiro na competição, terminando em sétimo lugar.
 
“Foi o melhor campo que já joguei na minha vida. Sério, os greens estavam perfeitos e só tenho a agradecer à CBGolfe e aos demais organizadores, também aos patrocinadores e aos voluntários, que me alegraram durante toda a semana. Preciso também agradecer ao meu pai, pois passei por muita coisa para chegar até aqui e se não fosse o apoio da minha família não teria conseguido”, disse Shad Tuten, após a conquista.
 
Tuten iniciou a volta decisiva do Aberto do Brasil com uma tacada de desvantagem para Newcomb, -17 a -18, e travou uma grande batalha com o compatriota ao longo dos 18 buracos da Fazenda Boa Vista. A vitória ficou praticamente garantida, entretanto, quando Newcomb fez um doble bogey no 16, contra um birdie de Tuten, que já vinha com uma tacada a menos. As quatro tacadas de diferença, a dois buracos do fim, deram tranquilidade a Tuten, que fez par no 17 e 18, para levantar o troféu de campeão com 263 tacadas (67,65, 64, 67), -21. Patrick Newcomb e Patrick Flavin ficaram empatados em segundo, com 265, -19, após eagle do primeiro no último buraco.
 
O brasileiro mais bem colocado no Aberto do Brasil foi Rodrigo Lee, que chegou a liderar no fim do segundo dia. Ele terminou na T7, com 268 (65, 65, 68, 70), -16. Foi o terceiro top 10 de Lee na temporada. Felipe Navarro ficou na T20, com 273 (65, 68, 69, 71), -11, e Alexandre Rocha na T24, com 274 (69, 65, 69, 71), -10. 
 
Outros cinco brasileiros passaram o corte: Odair Lima, na T40, com 281 (71, 68, 73, 69), -3, Herik Machado, na T44, com 282 (67, 67, 73, 75), -2, Ronaldo Francisco e Gustavo Teodoro, empatados na T46, com 283, -1, e Rafael Barcellos, em 52º, com 285, +1.
 
O 66º JHSF Aberto do Brasil foi organizado pela Confederação Brasileira de Golfe (CBGolfe) e pelo PGA TOUR Latinoamérica, e contou com patrocínio da JHSF, Bupa, Volvo, Bodega Garzon, Technogym, Rolex e Hospital Pequeno Príncipe, parceiro de responsabilidade social.
 
Veja Também: 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook