Pinheiros recebe Flamengo no NBB

Pivô e cestinha Toledo  / Foto: Daniel Vorley / ECP  Pivô e cestinha Toledo / Foto: Daniel Vorley / ECP

São Paulo - O Pinheiros chegou à sexta vitória seguida no NBB Caixa nesta quinta-feira (10) ao derrotar o Life Fitness Minas por 87 a 75 (43 a 35) no Poliesportivo Henrique Villaboim, em sua primeira partida de 2019. 
 
O Minas resistiu ao Pinheiros o quanto pôde e chegou a ficar à frente no placar em vários momentos, valorizando o triunfo do time da casa. O Pinheiros só conseguiu abrir no último quarto, movido por atuação precisa da defesa e arremessos certeiros de três pontos.
 
O pivô Toledo foi o cestinha do Pinheiros com 17 pontos, enquanto Carbonari obteve nove rebotes. Leandrinho Barbosa, do Minas, foi o cestinha da partida com 22 pontos. O Pinheiros volta a jogar nesta segunda-feira (14) às 19h contra o terceiro colocado, Flamengo, também no Henrique Villaboim, com transmissão ao vivo pelo Facebook do NBB. Sesi Franca lidera o campeonato nacional. 
 
O técnico pinheirense, Cesar Guidetti enalteceu a postura adotada pelo time no momento de decidir o jogo. “Atribuo o desempenho no último quarto (24 a 16) à superação defensiva. Foi uma atuação muito positiva, agressiva, não permitimos que eles atacassem”. Guidetti também destacou o volume de jogo do Pinheiros, que arremessou 187 vezes à cesta, contra 149 do Minas.   
 
Além de 17 pontos, Toledo obteve sete rebotes. Esbanjando raça, levantou a torcida e elevou o moral do time em momentos decisivos. “É raro eu ser o cestinha, mas se acontecer é ótimo. O que vale é a vitória. Nesse time, a cada jogo alguém diferente irá se destacar. Não há egoísmo e todos estão aptos a superar o déficit de um colega que eventualmente não esteja em um dia bom”, analisou o pivô pinheirense.
 
Torpedo Toledo - Em jogada emblemática no último quarto, Toledo mergulhou junto à linha lateral, rente ao banco do Pinheiros, e mesmo caído espalmou a bola evitando a saída e servindo Dawkins de forma consciente. O norte-americano partiu para dentro do garrafão entre os adversários atônitos e anotou mais dois pontos para o Pinheiros, que assim, abria dez pontos e adquiria a certeza da vitória. Depois, ainda viria o show final de Bennett, com mais três pontos e uma enterrada para selar o triunfo pinheirense. 
 
“Eu sempre vou em todas. O Dawkins percebeu a dificuldade e se posicionou pedindo a bola. Consegui passar para ele, que foi brilhante na conclusão da jogada”, observou Toledo. A partir desta sexta-feira, o pensamento se volta para o Flamengo. “Será outra pedreira. Um jogo perdido no NBB pode custar duas ou três posições na tabela. Vamos buscar a vitória contra o Flamengo da mesma forma que buscamos contra o Minas”, definiu o polivalente Toledo. 
 
Veja Também: 
 
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook