Brasil ganha prêmio de Melhor do Ano pela Federação Internacional de Taekwondo

Brasil ganha prêmio de Melhor do Ano pela Federação Internacional de Taekwondo / Foto: Divulgação Brasil ganha prêmio de Melhor do Ano pela Federação Internacional de Taekwondo / Foto: Divulgação

Rio de Janeiro - A Confederação Brasileira de Taekwondo recebeu o prêmio “The Best MNA of the year” concedido pela Federação Internacional de Taekwondo – World Taekwondo. O título é destinado a Confederação Nacional que mais avançou no cenário mundial, na temporada 2019. A entrega aconteceu na Rússia, durante a festa de gala que encerrou a temporada de Grand Prixs.
 
O Presidente da CBTKD – Alberto Maciel Junior, que completou 2 anos a frente da gestão da modalidade, afirma que este reconhecimento é “fruto de ações planejadas e realizadas por uma gestão profissional e comprometida com o desenvolvimento do Taekwondo no Brasil, em todas as áreas”.
 
"Quando assumimos a gestão da modalidade acreditamos que podíamos fazer melhor e todos os dias trabalhamos para alcançar o progresso e levar o Taekwondo brasileiro ao patamar que ele merece estar. Agradeço ao apoio irrestrito de toda diretoria, em especial ao Vice-presidente Rivanaldo Freitas e a diretora técnica Natália Falavigna, que dão suporte a todo o planejamento da CBTKD. A união que encontramos em todo o Brasil fez com que nossos objetivos iniciais fossem alcançados e tenho certeza que juntos continuaremos a ser mais fortes", comentou o Presidente da CBTKD, Alberto Maciel Junior.
 
O Taekwondo Brasileiro alcançou este reconhecimento internacional após realizar árduo trabalho de evolução em todas as esferas da gestão da modalidade, que culminaram em resultados expressivos dentro e fora das áreas de combates.
 
Em 2019, foram mais de 150 medalhas em torneios internacionais, dezenas de ações de treinamentos específicos, cursos de profissionalização e ações planejadas para o desenvolvimento sustentável da modalidade, com apoio das Federações Estaduais.  Logo no primeiro trimestre vieram as primeiras conquistas, nos torneios e nos progressos de gestão.
 
No início da temporada as conquistas nos torneios “opens” europeus e a classificação das oito categorias para os Jogos Pan-Americanos eram presságios de tudo que ainda viria. O Grand Slam 2019, além de formar a seleção brasileira da temporada contou com transmissão ao vivo de todas as decisões, via youtube.
 
A formação da comissão disciplinar e a assembleia geral ordinária deram seguimento às aprovações, adequações e profissionalização dos setores primordiais na Entidade, com processos transparentes e gerando credibilidade.
 
Na sequência, vieram às realizações dos torneios opens regionais, com a introdução do parataekwondo, a consolidação das conquistas nos torneios abertos e President’s Cup,
assim como os treinamentos de campos, voltados para a seleção adulta e de base.
 
O retorno do Taekwondo aos Jogos Escolares foi uma das maiores conquistas da atual administração do Taekwondo brasileiro. A presença da modalidade na edição de 2020 é mais triunfo, fruto de muito empenho e planejamento, de toda diretoria da CBTKD e da união de todos os taekwondistas do Brasil.
 
De Manchester, no Campeonato Mundial de Manchester, o time do Brasil trouxe mais do que as cinco medalhas – 2 pratas e 3 bronzes. Voltando a disputar decisões após 14 anos a equipe registrou o novo recorde em número de conquistas e se firmou de vez como potencial mundial. As segundas colocações vieram com Ícaro Miguel e Caroline Gomes, e os bronzes com Milena Titoneli, Paulo Ricardo Melo e Maicon Andrade.
 
Em mais “marca registrada” da nova gestão, o time do Brasil contou com a equipe completa no evento da Inglaterra, composta por 16 atletas, treinadores e equipe multidisciplinar, com fisioterapeuta e analista de desempenho, e chefe de missão, todos atuando em conjunto para bom desempenho dos atletas.
 
Na metade da temporada a CBTKD realizou o 1º Superbrasileiro reunindo todas as categorias em quatro dias de competição no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, com recorde de participantes. As edições da Copa do Brasil, de poomsae e kyorugui, também foram realizadas com sucesso e com combates e apresentaram elevados níveis técnicos.
 
Nas categorias de base a delegação brasileira participou do Campeonato Mundial Cadete e do Campeonato Pan-Americano Juvenil e Cadete. No Pan-Americano de Portland
– EUA os brasileiros conquistaram 20 medalhas no torneio, no Kyorugui e Poomsae.
 
Entre os atletas adultos, em Lima 2019, mais algumas novas marcas históricas para o Taekwondo do Brasil foram estabelecidas. Com a conquista de sete medalhas - dois ouros, duas pratas e três bronzes – o time garantiu a inédita primeira colocação na categoria feminina e a confirmação da melhor campanha do País em edições de Jogos Pan-Americanos.
 
Foi neste torneio que Milena Titoneli tornou-se a primeira mulher brasileira campeã no Taekwondo em Jogos Pan-Americanos. Edival Pontes garantiu o segundo ouro do Brasil. As medalhas de Prata vieram com Talisca Reis e Ícaro Miguel. Paulo Ricardo Melo, Maicon Andrade e Raiany Pereira garantiram os bronzes em suas categorias.
 
Também em Lima que o Parataekwondo brasileiro marcou presença em sua estreia em Jogos Parapan-americanos com a conquista de cinco medalhas – dois ouros, duas pratas e um bronze. Os títulos vieram com Silvana Fernandes e Nathan Torquato, as pratas com Debora Meneses e Cristhiane Neves, e o bronze com Leyliane Santos.
 
Antes disto, Débora Menezes e Cristhiane Neves conquistaram as inéditas medalhas de ouro e bronze, respectivamente, no Campeonato Mundial de Parataekwondo.
Em busca da constante evolução, em todos os setores, a CBTKD realizou o maior evento de parataekwondo nacional, registrado pela WT, com a presença de 104 paratletas no Campeonato Brasileiro da paramodalidade. Realizado em conjunto, o Festival de parataekwondo introduziu a modalidade, de forma lúdica, a mais um grupo de aproximadamente 40 crianças.
 
A diretoria da CBTKD reafirmou pioneirismo e compromisso com o desenvolvimento ao promover o 1º Curso de Habilitação de Técnicos, ministrado pelo treinador norte-americano, multicampeão Juan Miguel Moreno. Voltada para a evolução do Taekwondo nacional, o curso trouxe as mais modernas técnicas e vivências internacionais para que nossos treinadores, tendo como um dos objetivos principais a propagação do conhecimento em âmbito nacional.
 
Em mais uma ação de reconhecimento internacional, o treinador da seleção brasileira Diego Ribeiro foi convidado a compor a comissão de técnicos da WT, sendo o primeiro brasileiro a fazer parte deste seleto grupo. A comissão técnica permanente, formada no início da administração atual, trabalha em conjunto com a coordenação técnica, diretoria, vice-presidência e presidência.
 
Honrando o compromisso de transparência e profissionalização, a CBTKD formalizou a composição do STJD da modalidade e entre outras ações se adequou as exigências do Ministério do Esporte e fez parte do quadro de evolução de compliance e boa governança, divulgado pelo COB.
 
Para isto, o departamento técnico e a diretoria reformularam toda a parte de normas e regulamentos, investiram na modernização do site e criaram o novo sistema de gestão esportiva – SGE, que ampliou o acesso a informação e o mapeamento da modalidade em âmbito nacional.
 
Das etapas de Grand Prixs mais um novo recorde foi estabelecido, com quatro medalhas na mesma temporada, vindas das etapas de Roma, Bulgária e Japão. Gabriele Siqueira ficou com o bronze em Roma e Edival Pontes na etapa de Chiba, Japão. Na Bulgária Ícaro conquistou mais um bronze para o País e Maicon Andrade garantiu o primeiro Ouro brasileiro na história dos eventos. O Brasil chegou a 11ª medalha.
 
Com os títulos do President’s Cup – Las Vegas vieram às vagas de Ícaro Miguel e Edival Pontes para o Campeonato Pan-Americano 2020. O time do Brasil ainda faturou mais nove medalhas no evento norte-americano.
 
O ano de 2019 veio consolidar o trabalho desenvolvido por esta gestão, que segue buscando em todas as ações o objetivo principal, evolução e desenvolvimento do Taekwondo no Brasil.
 
- A temporada de 2020 é muito importante para o Taekwondo brasileiro e nós vamos continuar trabalhando para que alcancemos novas metas e consigamos registrar novos recordes. Agradeço o apoio dos atletas, Federações, treinadores, comissão técnica, arbitragem, toda comunidade taekwondista, COB, Marinha do Brasil e nossos parceiros - Dezdan  Strike – pelo empenho, comprometimento com a nossa modalidade e por acreditaram no trabalho da nossa gestão, assim com o nosso embaixador da modalidade, Murilo Rosa que com seu apoio primordial esteve ao nosso lado durante "todas as batalhas" – finalizou o Presidente Alberto Maciel Junior
A CBTKD, em nome de sua diretoria, funcionários e colaboradores agradece o reconhecimento e apoio dos taekwondistas do Brasil.
 
CBTKD
Alberto Maciel Junior - Presidente
Rivanaldo de Freitas - Vice Presidente
Chang Kyu Lee - Secretário Geral
Diretor Financeiro - José Carlos Cypriano
Superintendente Executivo - Carlos Eduardo Fandinho
 
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook