Evandro e Bruno Schmidt têm motivação extra em etapa de Viena

Evandro e Bruno Schmidt têm motivação extra em etapa de Viena / Foto: Divulgação/FIVBEvandro e Bruno Schmidt têm motivação extra em etapa de Viena / Foto: Divulgação/FIVB

Viena - Evandro e Bruno Schmidt firmaram a parceria apenas em fevereiro deste ano. No entanto, experientes, ambos possuem um passado vitorioso e alguns desses bons resultados servirão para motivar a parceria a partir desta quinta (01.08), quando estreiam na etapa cinco estrelas do Circuito Mundial, em Viena, na Áustria. 
 
Cabeças de chave do grupo 3, os brasileiros terão pela frente os suíços Beeler e Krattiger, às 5h30. Os norte-americanos Dalhausser e Lucena pegam a parceria do Catar Cherif e Ahmed pelo mesmo grupo. Em seguida, os vencedores dos confrontos se enfrentarão para ver quem avançará direto para as oitavas de final.
 
Campeão Mundial em Viena há dois anos, Evandro não esconde a motivação extra de voltar a competir no local de sua maior conquista. No entanto, em outro cenário, mantém o foco no trabalho, jogo a jogo, para conseguir outro bom resultado.
 
“Viena foi o local do meu maior título e é impossível não lembrar dos meus saques naquele Mundial de 2017. Sem dúvida minha motivação é maior que em outros lugares. Vivo outro momento, jogando com outro parceiro e sei que tudo aquilo ficou no passado. Agora é usar essa motivação para tentar um bom resultado, aquela vaga na final. É um torneio importantíssimo, cinco estrelas e que vale muitos pontos. Queremos muito nos manter bem na corrida olímpica, no ranking, e para isso vamos tentar jogar cada dia melhor e ter mais entrosamento”, disse Evandro. 
 
Bruno Schmidt também guarda ótimas recordações da Áustria. Campeão em Klagenfurt em 2014, ele explica que a etapa austríaca é uma das mais animadas de todo o Circuito e isso acaba motivando todos os participantes.
 
“Um dos torneios mais legais de se jogar é na Áustria. O pessoal aqui se empolga bastante com o evento e desde Klagenfurt é um torneio maravilhoso. É muito bom jogar aqui até o último dia. A torcida comparece, participa, canta junto com o DJ. Eles estão em ritmo de férias por aqui e fazem uma grande festa mesmo. Dizem que o vôlei de praia tem uma importância muito grande e é um privilégio jogar uma etapa aqui, um cinco estrelas”, afirmou Bruno.
 
Líderes da corrida olímpica brasileira no vôlei de praia, tanto Evandro quanto Bruno sabem que ainda não tem nada resolvido na disputa por uma das vagas do Brasil em Tóquio 2020. Por isso, um bom resultado em Viena se torna ainda mais importante.
 
Estamos muito empolgados e quero muito subir no pódio, quem sabe no lugar mais alto. Estamos liderando a corrida olímpica, mas a diferença é pequena. O pensamento aqui é de seriedade e de jogar cada vez melhor, buscar mais e mais pontos a cada disputa. Estamos a frente, sim, mérito nosso, do nosso trabalho, mas sabemos que tem muita coisa pela frente. Nosso objetivo é a vaga e precisamos seguir trabalhando forte para conquistar”, resumiu Evandro.
 
Veja Também: 
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook