Brasil termina em 4º no 4x100 masculino e garante vaga na Rio 2016

Hugo de Sousa na semifinal do 4x400 m / Foto: Getty Images / IAAFHugo de Sousa na semifinal do 4x400 m / Foto: Getty Images / IAAF

Rio de Janeiro -  Como era esperado, a torcida lotou o Estádio Thomas A. Robinson, em Nassau, na noite deste sábado (dia 2) para acompanhar o primeiro dia da segunda edição do Campeonato Mundial de Revezamentos. Os atletas não decepcionaram e deram um show na pista. 
 
Em umas das provas mais aguardadas da noite, o 4x100 m masculino, o Brasil terminou na quarta colocação, com 38.63, melhor resultado em 2015, garantindo a primeira vaga do Atletismo para os Jogos Olímpicos do Rio 2016. Na semifinal, a equipe formada por Bruno Lins, Vitor Hugo dos Santos, Aldemir Gomes Junior e Jorge Henrique Vides fez 38.64. "Fizemos uma boa prova, com boas passagens. Conseguimos nos concentrar e controlar a ansiedade", comentou Bruno após a semifinal e que participou do grupo no ano passado, também quarto colocado. 
 
A medalha de ouro ficou com os Estados Unidos, com 37.38, novo recorde do Campeonato, que surpreenderam a Jamaica, de Usain Bolt, campeã em 2014 A equipe campeã olímpica terminou em segundo, com 37.68. O Japão completou o pódio, com 38.20.
 
4x400 m masculino - Na prova de abertura do Mundial, o 4x400 m masculino do Brasil formado por Pedro Burmann, Wagner Cardoso, Hederson Estefani e Hugo de Sousa conquistou um lugar na final ao terminar na segunda colocação na primeira série, com 3:02.23, melhor marca da equipe este ano e terceira melhor entre todas as equipes que competiram a semifinal. "Sabíamos que seria uma prova difícil e que nosso principal adversário seria a Bahamas. Corremos perto deles o tempo todo", afirmou Wagner.
 
O quarteto volta à pista neste domingo, às 22:01 (23:01 de Brasília). Se completar a final, estará classificado para os Jogos Olímpicos Rio 2016. O time das Bahamas, que contou com grande apoio da torcida local, venceu com 3:02:18. "Nossos objetivos principais foram superados, primeiro ir à final, e depois melhorar nosso resultado do ano. Este grupo está muito concentrado e unido e podemos fazer uma prova ainda melhor na final, além de conquistar a vaga", completou Hugo. 
 
4x400 m feminino - A equipe feminina terminou na terceira colocação na série 2, com 3:29.38, melhor resultado na temporada. Joelma Sousa, Jailma Lima, Liliane Fernandes e Geisa Coutinho tiveram que esperar o final da última série para comemorar a classificação para a final. "É um sentimento de dever cumprido. Agora vamos buscar um bom resultado na final", disse Liliane. 
 
O Brasil compete neste domingo, às 21:27. "Treinamos muito nos últimos 30 dias nos Estados Unidos e a vaga na final vale todo o esforço. Agradeço muito a CBAt e o COB pela oportunidade de ter participado de todo o processo de preparação para o Mundial. Na final, vamos dar nosso melhor mais um vez", lembrou Geisa. 
 
Estreia - O revezamento feminino 4x100 m compete neste domingo, às 20:29 (hora de Brasília). A equipe está na série 3, que tem ainda Japão, Suíça, Grã-Bretanha, Austrália, França, Cazaquistão e Equador. Definida, pela ordem, com Vanusa Santos, Ana Cláudia Lemos, Franciela Krasucki e Rosângela Santos, o quarteto luta por uma vaga na final, às 22:45, também neste domingo.
 
Veja Também: 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook