Fabiana Beltrame deixa dieta para mudar de categoria olímpica

Fabiana Beltrame / Foto: Wagner Carmo / Inovafoto / COBFabiana Beltrame / Foto: Wagner Carmo / Inovafoto / COB

Rio de Janeiro – Fabiana Beltrame sempre prezou, na sua carreira de remadora, por uma dieta controlada, para que ela se mantivesse no limite de 59kg estabelecido para sua categoria, a leve, na prova em que foi campeã mundial em 2011, a skiff simples (não prevista no calendário olímpico).
 
Agora, porém, a oito meses do início dos Jogos Olímpicos, Beltrame abandonou a dieta, na impossibilidade de conseguir uma parceira à sua altura para formar uma dupla no skiff. A atleta, em busca de um bom resultado na Rio 2016, mudou de categoria no remo.
 
"Foi batido o martelo por mim e pelo meu técnico. Não temos mais tempo de formar um barco competitivo para 2016, e como eu já vinha treinando nesse barco no leve eu acho que tenho chance de evoluir um pouco mais para ter um bom resultado no Rio. O grande desafio é físico. Preciso ficar mais forte", explica.
 
Beltrame agora entrou numa dieta para ganhar massa e ficar mais forte, a fim de competir à altura das grandes remadoras, com braços e peitos largos. Sem restrição de peso na nova categoria, o objetivo é aliar a qualidade técnica com muita força.
 
"Estou fazendo bastante peso para ficar mais forte e mais pesada, no nível das remadoras mais fortes lá de fora. Meus tempos não estão tão longe assim dessa categoria, e eu acho que dá para ter um bom desempenho", emenda.
 
Júlio Soares, técnico de 43 anos da atleta, explica a mudança. "Infelizmente, algumas questões, talvez até a juventude da Beatriz, não permitiram que ela permanecesse na categoria leve. Tirando a Beatriz, as demais meninas estão num índice técnico muito abaixo. Existe um vácuo, e a Fabiana não está mais no nível de apenas participar dos Jogos Olímpicos", analisa.
 
Para os Jogos Olímpicos, agora na nova categoria, Fabiana ainda precisa buscar uma vaga. Para isso a remadora estará, em março, disputando um torneio classificatório no Chile.
 
Veja Também: 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curta - EA no Facebook