Momento histórico no esporte brasileiro completa 30 anos | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Momento histórico no esporte brasileiro completa 30 anos

Badminton fez história em 1984 no Brasil / Foto: Assessoria de Imprensa / CBBd

Rio de Janeiro - No dia 2 de junho de 2014 completam-se, exatamente, 30 anos da I Taça São Paulo que, historicamente, foi o primeiro torneio oficial de Badminton realizado em território brasileiro.
 
O torneio foi realizado na cidade de Santo Amaro/SP, no Centro Esportivo “Joerg Bruder”, nos finais de semana compreendidos entre os dias 2 a 29 de junho de 1984, sendo organizado pela Associação Paulista de Badminton com o apoio da Secretaria Municipal de Esportes de São Paulo.
 
 Aquele foi um grande capítulo que ajudou a construir a história que vem sendo formatada na modalidade, por ser o primeiro evento profissional que abriu caminhos às grandes conquistas que hoje o Badminton brasileiro perfaz, destacando-se hoje em dia com a terceira maior potência das Américas.
 
O primeiro presidente da Confederação Brasileira de Badminton (CBBd), Luís Manuel, escreveu um especial comemorativo da data, assim como faz um relato dos primórdios da modalidade no Brasil. Uma leitura histórica primorosa e que merece ser conferida por todos que amam esse prática cada vez mais popular nos vários rincões desta enorme nação.
 
OS 3 PRIMEIROS ANOS
 
Por Luís Manuel, primeiro presidente da Confederação Brasileira de Badminton.
 
Há narrativas de prática de badminton no Brasil muitas décadas atrás.
 
Um dos exemplos é o Santos Atlético Clube, também conhecido como Clube dos Ingleses, que na década de 60 disputava o badminton nas olimpíadas internas.
 
Existem documentos de 1938 desse clube referente ao orçamento anual alocando verbas para o badminton.
 
Também, na década de 60, em Blumenau-SC, a família do Dr. Frederico Strassburger e seus amigos praticavam o badminton.
 
No entanto, essas práticas em tempos remotos, não resultaram na constituição de grupos organizados visando a competição nacional ou internacional, muito embora tivessem sido fundamentais para a posterior prática do badminton nessas cidades.
 
A primeira competição considerada como sendo o início oficial da prática do badminton no Brasil, foi a I Taça São Paulo, em junho de 1984, organizada pela Associação Paulista de Badminton e com apoio da Secretaria Municipal de Esportes de São Paulo.
 
Relativamente a este torneio existe um importante documento da época que é o ofício 088/84 da Secretaria Municipal de Esportes de São Paulo, assinada pelo chefe de gabinete, dirigida ao presidente da Comissão Organizadora o português Luís Manuel da Fonseca Barreto, na qual o Sr. Secretário, Dr. Andrade Figueira concorda com a organização do torneio e disponibiliza para tal o Centro Educacional e Esportivo “Jorg Bruder”, no Bairro de Santo Amaro, na cidade de São Paulo, durante os fins de semana de junho de 1984.
 
Também faziam parte da comissão organizadora Eduardo José Correia São Simão (português), Chen Wen Hau e Ong Sioe Khing.
 
O torneio foi devidamente noticiado pela imprensa esportiva da época, com destaque para Gazeta Esportiva e Jornal da Tarde, desde o primeiro dia até ao dia das finais.
 
A taça São Paulo foi disputada nos anos 1985 (II Taça São Paulo), 1987 (III Taça São Paulo), e passou a ser torneio internacional, válido para o ranking mundial, a partir de 1994 em Santos-SP (IX Taça São Paulo – Brazil International ).
 
Continuou sendo disputada até os dias de hoje, fazendo parte do calendário da CBBd de 2014 e no calendário da BWF. 29th BRASIL INTERNATIONAL BADMINTON CUP.
 
Os seguintes fatos levam a considerar este torneio como o marco inicial do badminton no Brasil:
 
-  Foi organizado por uma associação de jogadores reconhecida, na época, pela IBF (International Badminton Federation), atual BWF, como sendo a primeira e única representante do Brasil junto àquela entidade mundial;
- Teve o apoio de um órgão oficial do governo municipal da área esportiva, que disponibilizou o ginásio de esportes e forneceu os troféus com que foram premiados os atletas vencedores, em cerimônia de encerramento que teve a presença do próprio Secretário;
- Teve a inscrição de aproximadamente 70 jogadores(as) provenientes de 5 agrupamentos esportivas (Dragão, SPBC, All Rackets, SPAC, estes 4 primeiros da cidade de São Paulo e a Escola Americana, de Campinas);
- A Associação Paulista de Badminton deu continuidade à divulgação e desenvolvimento do esporte, realizando outros torneios nos anos seguintes e representando o Brasil em competições internacionais.
Atletas membros dessa associação provocaram a fundação da Federação Paulista de Badminton que, a partir de 1990, tornou-se a representante do Brasil junto à IBF, vindo mais tarde (1993) a ser membro fundador da Confederação Brasileira de Badminton, filiada ao Comitê Olímpico Brasileiro, e atual representante do Brasil junto à BWF – Badminton World Federation (antiga IBF).
-  Não houve interrupção da prática do badminton competitivo no Brasil, desde 1984 até os dias de hoje.
 
Alguns meses antes do primeiro torneio, mais precisamente no dia 25/02/1984, foi realizada uma apresentação de badminton na Associação Cristã de Moços de Pinheiros, em São Paulo.
 
Esta apresentação foi também devidamente anunciada (Gazeta de Pinheiros de 10/02/1984) pela imprensa, que a considerou como sendo a primeira apresentação do badminton no Brasil (Gazeta Esportiva de 26/02/1984).
 
O grupo de jogadores que realizou a apresentação costumava praticar badminton naquele que foi o principal clube berço do badminton em São Paulo. Era a Associação Esportiva Dragão, clube de chineses residentes em São Paulo no qual, além da prática esportiva, se lecionava o dialeto chinês para os filhos dos sócios.
 
O Dragão, situado na Rua Gastão da Cunha, 71, próximo ao Aeroporto de Congonhas, foi o responsável pela formação dos principais atletas brasileiros na primeira década do esporte no Brasil.
 
A Associação Paulista de Badminton foi fundada por um grupo de jogadores que praticava badminton no Dragão.
Em 1984 o Presidente, Ong Sioe Khing, inscreveu a associação na International Badminton Federation, passando o Brasil a estar representado pela primeira vez no órgão máximo do badminton mundial.
 
Ao mesmo tempo, em Campinas, Bujung Witarsa, de nacionalidade indonesiana, desenvolvia a prática do badminton na Escola Americana.
 
Em pouco tempo foram criados vários agrupamentos esportivos, que vieram a participar, em junho de 1984, da I Taça São Paulo de Badminton:
 
- Associação Esportiva Dragão, região do aeroporto de Congonhas – São Paulo;
- São Paulo Athlético Clube – SPAC – Região da represa de Guarapiranga - São Paulo, que teve em Michel Bex, de nacionalidade belga, seu principal dinamizador;
- São Paulo Badminton Clube, com quadra em Interlagos – São Paulo, de propriedade de um dos membros da família Arno, conhecida empresário do ramo de eletrodomésticos.
- Academia All Rackets, na Vila Olímpia – São Paulo, cujo proprietário Sergio Reitzfeld, foi o primeiro colocar o badminton em uma academia. Possuía também duas quadras de squash, o que levou muitos praticantes desse esporte a praticar o badminton.
- Clube Internacional de Campinas – na Escola Americana – Campinas, liderada por Bujung Witarsa.
 
Logo após a realização da I Taça São Paulo, uma delegação brasileira participou do I Campeonato Sul Americano, em Buenos Aires – Argentina, em Outubro de 1984. O torneio teve a participação de Peru, Argentina e Brasil.
 
Durante o Sul Americano foi fundada, pela primeira vez, a Confederação Sul Americana de Badminton.
 
O primeiro campeão sul americano por equipes foi o Peru, tendo o Brasil ficado com a terceira colocação.
 
Em 1985 o Brasil voltou a participar do Campeonato Sul Americano, novamente em Buenos Aires.
 
Nesta segunda edição participaram Brasil, Argentina e Uruguai. O Brasil foi campeão por equipes (Ong Sioe Khing, Luis Manuel Barreto, Michel Bex, Whang Chi Fong), em simples masculino (Ong Sioe Khing) e em Duplas Masculinas (Luis Manuel Barreto / Ong Sioe Khing).
 
Em 1987 o Brasil participou do Campeonato Panamericano de Adultos realizado no Clube de Regatas Lima, no Peru.
Foi a primeira vez que o governo brasileiro credenciou oficialmente uma seleção brasileira de badminton, através de ofício do Conselho Nacional do Desporto - CND, assinado pelo seu presidente prof. Manuel Tubino.
 
Nesse ofício foram indicados para representar o Brasil os(as) atletas Luís Manuel Barreto, Hwang Chi Fong, Soraya Cuellas e Márcia Oey.
 
As conquistas brasileiras ficaram restritas ao título de campeã do torneio de consolação de duplas masculinas (Luís Manuel / Hwang Chi Fong).
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook