Semana de Monotipos promove encontro de gerações em Ilhabela

Regatas de Optimist reúne garotada a partir de 8 anos  / Foto: Marco Yamin / Sectur IlhabelaRegatas de Optimist reúne garotada a partir de 8 anos / Foto: Marco Yamin / Sectur Ilhabela

Ilhabela - O azul do mar de Ilhabela fica salpicado de branco em julho. Essa é a cor da maioria dos 300 barcos e suas velas durante a 46ª Semana de Monotipos, que começou neste sábado (6) e prossegue até terça-feira (9), na cidade do litoral norte paulista, considerada a capital nacional da modalidade náutica. A competição antecede a tradicional Semana Internacional de Vela de Ilhabela, a partir do próximo dia 13.
 
A 46ª Semana de Vela de Monotipos é uma oportunidade para um verdadeiro encontro de gerações da modalidade no Brasil. Nas seis raias montadas no canal de São Sebastião, velejadores a partir de 8 anos, da classe Optimist têm a oportunidade de ver de perto nomes consagrados como o medalhista olímpico Bruno Prada, que acabou de conquistar o pentacampeonato mundial de Star. Ele vai disputar o Brasileiro do 7º Distrito da classe Star, que traz os principais nomes da categoria como Henry Boening, Arthur Lopes e Marcelo Bellotti.
 
A base da 46ª Semana de Vela de Monotipos é a Escola de Vela Lars Grael, no bairro Saco da Capela. Serão 11 classes em disputa e cerca de 400 velejadores: Optimist, Laser (4.7, Radial e Standard), Snipe (Geral e Junior), Hobbie Cat 16, 420, Dingue (Geral e Estreante), Open Bic, 29er, Windsurf Slalom, Star e Kitsurf. Todas integram programas de regatas olímpicas ou pan-americanas, além da vela de base.
 
Assim como na tradicional competição de vela oceânica, a Semana de Monotipos também receberá atletas estrangeiros em 2019. Equipes de países como Cuba, Argentina, Uruguai e Chile estão confirmados para velejar na classe Snipe em Ilhabela. Além de lutar pelo título, aproveitarão para conhecer a raia e treinar para o Campeonato Mundial, programado para outubro.
 
A regata Vela do Amanhã é uma novidade para a temporada 2019. Será uma oportunidade dos velejadores que disputam a Semana de Monotipos participar da Semana Internacional de Vela de Ilhabela. A prova contará com 60 crianças e adolescentes que fazem parte dos projetos da cidade e será dia 15 de julho, um dia após a realização da tradicional Alcatrazes por Boreste Marinha do Brasil e as outras regatas de abertura do evento.
 
A data foi escolhida justamente por ser o dia de folga dos velejadores que enfrentarão os trajetos mais longos do calendário da competição. Todos os barcos inscritos na Semana Internacional de Vela de Ilhabela 2019 podem participar da regata Vela do Amanhã.
 
“A Semana de Vela de Monotipos oferece oportunidade para jovens velejadores ganhar experiência, sentir o clima de competição e conviver com grandes nomes da modalidade”, explica Cuca Sodré, coordenador técnico da Semana de Monotipos. A sede e secretaria do evento serão na Escola Municipal de Vela Lars Grael (avenida Santos Dumont, s/nº , no Saco da Capela). As Áreas de Regatas serão no Canal de São Sebastião.
 
A 46ª Semana de Vela de Monotipos é organizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, com apoio técnico da Confederação Brasileira de Vela e da Federação de Vela do Estado. 
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook