Nadando com Thiago Pereira impacta na saúde e esporte dos alunos

Nadando com Thiago Pereira /  Foto: Flávio Perez/On Board Sports

Volta Redonda (RJ) - O projeto Nadando com Thiago Pereira tem transformado a vida de centenas de crianças e adolescentes de 7 a 17 anos, oferecendo aulas gratuitas de natação no Parque Aquático Municipal de Volta Redonda (RJ). Desde sua inauguração em agosto de 2022, a iniciativa atende 360 pessoas em 20 turmas, promovendo a saúde e o bem-estar por meio do esporte.

 
Recentemente, os alunos receberam novos materiais do próprio Thiago Pereira, como toucas, óculos, uniformes e livros, reforçando o compromisso com a qualidade e o incentivo ao esporte.
 
Um exemplo de sucesso é o jovem Lorenzo, de 11 anos, que equilibra sua rotina entre a escola, os treinos de natação no projeto e as atividades na equipe de futebol das categorias de base do Resende F.C., na cidade vizinha a Volta Redonda. A prática da natação não só melhorou seu desempenho físico, como também trouxe benefícios significativos para sua saúde.
 
"Ele tinha alguns problemas respiratórios e agora, com esse processo contínuo de estar em contato com a água fazendo natação, melhorou consideravelmente. Então a natação na vida dele com certeza foi um divisor de águas," disse Leonardo Ávila Martins, pai do Lorenzo. "Esse projeto do Thiago Pereira foi muito importante. Todas as semanas ele está aqui duas vezes."
 
Durante a inauguração da segunda fase do projeto, Lorenzo, junto com seus amigos, desfrutou do novo espaço jogando bola e nadando, o que reforça a importância de iniciativas como essa para o desenvolvimento das crianças.
 
Thiago Pereira, que acompanhou de perto o crescimento do projeto, está otimista sobre o futuro: "Tenho certeza que vai ser um projeto mais maravilhoso ainda que os dos últimos anos. A gente tem um objetivo pro ano que vem de aumentar o número de núcleos pelo país e fazer crescer ainda mais o projeto aqui em Volta Redonda também."
 
A natação, além de ser um esporte completo, é crucial para a segurança das crianças, como explicou André Leonardi, Gerente Geral da Fundação CSN: "Saber nadar é uma coisa tão importante porque traz segurança para as nossas famílias. Infelizmente, no Brasil tem muita criança que ainda sofre com o afogamento. Agora, a Rose Vilela (mãe do Thiago) falou a coisa mais importante: mais do que a gente só prevenir o afogamento, a gente vai aprender muitas coisas através do esporte."
 
O projeto é patrocinado pela Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) e Fundação CSN, Vulcabrás e Grupo Nossa Senhora do Ó, através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, e conta com o apoio da Prefeitura de Volta Redonda e do Parque Aquático Municipal de Volta Redonda. Recentemente, os alunos receberam novos materiais do próprio Thiago Pereira, como toucas, óculos, uniformes e livros, reforçando o compromisso com a qualidade e o incentivo ao esporte.
 
O Instituto Thiago Pereira, responsável pela iniciativa, tem como missão tornar o esporte acessível a todos, promover os valores que a prática esportiva ensina e utilizar a natação como uma ferramenta de prevenção de afogamentos. Thiago Pereira, que é sobrevivente de um afogamento aos 2 anos de idade, sempre enfatiza a importância de saber nadar para melhorar a segurança e desenvolvimento das crianças.
 
Veja Também: 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook