Assembleia aprova orçamento da CBAt | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Assembleia aprova orçamento da CBAt

Assembleia aprova orçamento da CBAt  / Foto: César Catingueira/CBAtManaus - A Assembleia Geral da CBAt, em sua continuação, nesta sexta-feira 10, aprovou o orçamento da entidade para 2012. São R$ 26 milhões e deste total R$ 16 milhões são referentes à parceria com a CAIXA, patrocinadora oficial do Atletismo brasileiro. Foi confirmada também a parceria com a TV Globo, assim como a Nike continuará como a fornecedora de uniformes.

Outros R$ 3,2 milhões veem da lei Agnelo/Piva, repassados pelo Comitê Olímpico Brasileiro. Patrocínios diversos somam R$ 1,8 milhão. Outros R$ 5 milhões virão do Ministério do Esporte, destinados aos Centros Nacionais de Treinamento.

Do total, 25 % (R$ 6,5 milhões) está destinado ao "Programa de Apoio aos Centros Nacionais de Treinamento, Campings de Treinamento, Cursos Técnicos e Clínicas". Para a realização das competições nacionais (como o Troféu Brasil/Caixa) e internacionais (como o GP Brasil/Caixa) são destinados R$ 5,2 milhões. Para a formação de Seleções Nacionais são R$ 2,6 milhões. Serão repassados às Federações Estaduais R$ 1,3 milhão. Para o Programa de Combate ao Doping são R$ 780 mil.

Os programas de apoio a atletas de alto nível, jovens talentos, corredores de elite e treinadores são R$ 3,9 milhões. Outros R$ 1,3 são para Centros de Descobertas de Talento. Os demais programas e atividades da CBAt receberão R$ 2,9 milhões.

Também o calendário nacional elabora pelo Departamento Técnico também foi referendado pela Assembleia.

AÍDA E JOSÉ TELLES - Na continuação da Assembleia Geral da Confederação Brasileira de Atletismo, nesta sexta-feira 10, os participantes aprovaram a instituição de premiação a atletas do País. No feminino, seria a "Medalha Aída dos Santos", que seria concedida às brasileiras que subiram ao pódio em Olimpíadas, Mundiais e Copas do Mundo. No masculino, seria concedida a "Medalha José Telles da Conceição".

Aída foi a única mulher da delegação brasileira nos Jogos de Tóquio em 1964. E absolutamente sozinha conseguiu se classificar para a final e terminou na 4ª posição no salto em altura. Na mesma prova, masculina, José Telles ganhou a medalha de bronze em Helsinque, em 1952. Foi a primeira medalha olímpica do Atletismo brasileiro (três dias depois, Adhemar Ferreira da Silva ganhou ouro no salto triplo). A proposta do presidente Roberto Gesta de Melo foi aprovado por unanimidade.

"São dois dos maiores nomes de nossa história e merecem dar a esta homenagem", disse Gesta. "E é importante lembrar estes herois, no momento em que nos preparamos para os Jogos de Londres e também enquanto o País espera os Jogos do Rio em 2016", concluiu.

Pela manhã, os membros da Assembleia já haviam dado 40 votos (dos 41 participantes) para a eleição da chapa liderada por José Antonio Martins Fernandes, como presidente, e Warlindo Carneiro da Silva Filho, na vice-presidência. Também foram aprovados o Relatório da Diretoria e contas da entidade referentes a 2011.

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook