Especialistas dão dicas para fazer bonito na Maratona do Rio de Janeiro

Especialistas dão dicas para fazer bonito na Maratona do Rio de Janeiro  / Foto: Gabriel_HeusiEspecialistas dão dicas para fazer bonito na Maratona do Rio de Janeiro / Foto: Gabriel_Heusi

Rio de Janeiro - Hoje começa a contagem regressiva de um mês para o domingo, 23 de junho, dia da Maratona do Rio Cosan e das provas de 5 e 10km do evento. 
 
Para marcar a data, o professor de educação física e treinador André Leta e a médica Fabiula Schwartz trazem algumas dicas para os corredores que optaram pelas provas de curta distância. Além das disputas no domingo, o Rio de Janeiro também vai receber a Meia Maratona Olympikus e a Maratoninha Gloob no sábado, dia 22 e o Desafio Cidade Maravilhosa, quando os inscritos vão correr 21km no sábado e 42km no domingo.
 
Correr pequenas distâncias também requer atenção. Tanto na preparação física, quanto na parte cardiológica. Fabiula Schwartz, atual coordenadora de Cardiologia Esportiva da Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio de Janeiro, além de integrante do Time de Especialistas da Maratona do Rio Cosan, afirma que é essencial que todo atleta tenha exames em dia e fique alerta para qualquer sinal diferente em seu corpo.
 
“É muito importante que todo corredor esteja atento aos sinais de alerta do seu corpo: dor no peito, sensação de desmaio, desmaio, palpitações etc. E isso pode ocorrer durante o treinamento para todas as distâncias. A maior parte das causas cardíacas de mal súbito são precedidas de sinais de alerta nas semanas anteriores. Então, caso sintam algum sinal, busque atendimento médico especializado. É sempre melhor se certificar de que tudo esteja funcionando de forma saudável. Além disso, é de suma importância se manter hidratado, evitar a ingestão de álcool, ter um sono de qualidade e em quantidade suficiente para se sentir renovado a cada manhã”.
 
E, se você vai iniciar sua aventura no mundo das corridas através dos 5km da Maratona do Rio Cosan, André Leta, professor de Educação Física, traz algumas recomendações para que sua experiência seja a melhor possível.
 
“Neste momento você já deve estar apto e sendo capaz de realizar a alternância de trote/corridas com caminhadas durante 20 a 30 minutos, apenas aumentando a duração de suas corridas gradualmente e reduzindo o tempo de caminhada. O ideal é você correr aproximadamente 3 vezes por semana em dias alternados.  Durante a semana corra entre 2,5 e 3 quilômetros, deixando os 4 a 5k para o treino de final de semana. Sentir dores moderadas, é normal, mas caso persista, procure um médico. Tenha em mente que seu principal objetivo é terminar bem a prova, curtindo o visual que só a Maratona do Cosan Rio tem. Não se preocupe ainda com o quão rápido você está correndo. A velocidade virá com o tempo e com a vivência das provas realizadas. Um ritmo confortável é aquele em que você se sente confiante para sustentar durante toda a prova”, resumiu André Leta, que já acelera um pouco ritmo quando fala sobre a prova de 10km.
 
“A preparação para os 10km se assemelha um pouco com os 5km, mas seu empenho precisa ser um pouco maior. Aumente a frequência semanal para 3 a 4 vezes por semana, com treinos de 5 a 6 km durante a semana e de 7 a 8km no final de semana.  O aumento do volume de treinamento é fundamental para aumentar a sua resistência física objetivando superar esta distância. Para os mais experientes que já competiram em provas de 5km, 8km e 10 km, o objetivo já não é só completar a distância, mas sim realizar ela num tempo pré-estabelecido.
 
Como sempre o ideal, como já salientado anteriormente, é você procurar um educador físico para elaborar e acompanhar a sua planilha de treinamento. Mas, nesses últimos 30 dias é fundamental você fazer o preparo ou “tapering” para prova. Nele o volume de treinamento deve cair gradualmente até a semana da competição, atingindo aproximadamente 40 a 60% do pico total de km. É muito importante que você mantenha os treinos intensos (intervalado e limiar), e de ritmo da prova, eles apenas diminuirão proporcionalmente a redução da quilometragem total feita”.
 
Além das provas de 5 e 10km, o maior festival de corridas da América Latina conta também com a Maratona do Rio Cosan (42km), a Meia Maratona Olympikus (21km), o Desafio Cidade Maravilhosa (21 + 42km) e a Maratoninha Gloob.  As disputas dos 42, 5 e 10km acontecem no domingo (23/06), já os 21km, que está com inscrição esgotada, e a prova infantil serão realizadas no sábado (22/06).
 
As inscrições para as distâncias disponíveis estão abertas e podem ser feitas através do site www.maratonadorio.com.br.
  
Time de especialistas Maratona do Rio - Com a presença de grandes profissionais de diferentes áreas, o Time de Especialistas da Maratona do Rio tem como objetivo compartilhar conteúdos sobre o mundo da corrida e promover a interação entre os corredores e pessoas envolvidas na prática esportiva.
 
O time é composto pelo Dr. Paulo Lourega (Diretor Médico da Maratona do Rio desde 1987), Dra. Fabíula Schwartz (cardiologista e Diretora da Sociedade de Medicina do Exercício e do Esporte do Rio de Janeiro), Roberta Lima (Nutricionista do esporte com mais de 10 anos de experiência no esporte de alto rendimento), Vanessa Protásio (Psicóloga, Especialista em Coach e corredora), Dr. Sérgio Maurício (Ortopedista formado pela UFRJ, especialista em cirurgia de joelho) e André Leta (Professor de Educação Física e treinador).
 
Programação
Sábado – 22 de junho de 2019
Meia Maratona Olympikus (21km)
Maratoninha Gloob
Desafio Cidade Maravilhosa (21k)
 
Domingo – 23 de junho de 2019
5km, 10km, Maratona do Rio Cosan (42km)
Desafio Cidade Maravilhosa (42k)
 
Veja Também: 
 
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

 
 
Curta - EA no Facebook