Seleção brasileira comemora resultados no Pan-Americano Juvenil

Brasil teve excelente participação na competição / Foto: DivulgaçãoBrasil teve excelente participação na competição / Foto: Divulgação

São Paulo - O Brasil saiu com um bom saldo do Pan-Americano Juvenil de Ginástica Rítmica, disputado no final de semana, em Medellin, na Colômbia. O País mostrou a força da nova geração da modalidade ao fechar a competição com quatro medalhas e vaga nos Jogos Olímpicos da Juventude deste ano, em Buenos Aires, na Argentina.
 
A Seleção transitória de conjunto conquistou a medalha de prata geral, o bronze na série de cinco cordas e o ouro nos cinco pares de maças.
 
No individual, o Brasil terminou com a medalha de bronze, atrás somente dos Estados Unidos e do Canadá, duas potências da modalidade. No individual geral, a soma de todos os aparelhos, Maria Eduarda Arakaki foi a quinta colocada e Amanda Santos a sexta. Além disso, as brasileiras estiveram presentes nas finais de todos os aparelhos. Maria Clara Souza disputou a decisão do arco, Maria Eduarda competiu na bola, maças (4° lugar) e fita. Já Amanda Santos disputou bola e maças.
 
A vaga nos Jogos Olímpicos da Juventude ficou com Maria Eduarda. "Foi bem positivo para o Brasil. Conseguimos conquistar a vaga para os Jogos Olímpicos da Juventude, que era o nosso grande objetivo. A vaga veio com o terceiro lugar, só atrás dos Estados Unidos e Canadá, que são potências no continente Americano. Conseguimos fazer excelentes apresentações, um resultado expressivo também", apontou Renata Teixeira, coordenadora do Comitê Técnico de Ginástica Rítmica da Confederação Brasileira de Ginástica (CBG) e árbitra internacional na competição.
 
"Quanto ao conjunto, no ano passado havíamos ficado em quinto lugar e este ano fomos vice-campeões e ainda trouxemos uma medalha de ouro por aparelho. Então, foi sensacional e super positivo esse ano de trabalho no juvenil, que é uma categoria de base e contamos muito com o apoio dos clubes e federações estaduais. Evoluímos muito de um ano para o outro", acrescentou Renata.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook