Brasil emplaca vitória na UPAG e vai sediar o Pan-Americano de Ginástica | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Brasil emplaca vitória na UPAG e vai sediar o Pan-Americano de Ginástica

Luciene Resende - Presidente da Confederação Brasileira de Ginástica / Foto: Ricardo Bufolin/CBG

São Paulo - O Brasil volta a receber importantes competições de Ginástica. A União Pan-Americana de Ginástica (UPAG) informou, nesta quinta-feira (21), que o Campeonato Pan-Americano adulto de Ginástica Artística, Rítmica e de Trampolim e que a Copa Pan-Americana de Clubes de Ginástica de Trampolim serão realizados no País, em junho. A cidade-sede e as datas precisas serão divulgadas assim que forem definidas.
 
A federação norte-americana, a USA Gymnastics, havia assegurado o direito de organizar o evento, anteriormente previsto para Birmingham, no Alabama. Antevendo que os Estados Unidos poderiam declinar desse direito, a presidente da CBG, Luciene Resende, apresentou a candidatura brasileira em setembro de 2020. Nesta quinta-feira, com a confirmação da desistência dos EUA e da ratificação do interesse brasileiro, a CBG recebeu o comunicado de que poderá receber a competição classificatória para os Jogos Olímpicos de Tóquio.
 
“Não medimos esforços para proporcionar as melhores condições para os nossos ginastas. É claro que a possibilidade de disputar em casa uma competição importantíssima, classificatória para a Olimpíada, é um trunfo muito valioso. Com a confirmação de que poderemos organizar a competição, estamos ainda mais confiantes de que poderemos assegurar vagas olímpicas para a Ginástica do Brasil”, diz Luciene.
 
O direito de sediar um evento como o Campeonato Pan-Americano, na avaliação de Luciene, tem um significado que transcende a teórica elevação das chances de classificação olímpica. “É sempre importante realizar grandes competições, aumentar nosso espaço na mídia, mostrar os encantos da Ginástica aos brasileiros. Tenho a certeza de que os olhos de muitas crianças e jovens vão brilhar, e isso é fundamental para atrairmos novos praticantes para a modalidade”, acrescenta a presidente da CBG.
 
Veja Também: 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook