Samuel Pupo garante o bi do Quiksilver Young Guns

Pelo segundo ano seguido o brasileiro Samuel Pupo (Rip Curl) brilhou no Quiksilver Young Guns Surf 2018 / Foto: DivulgaçãoPelo segundo ano seguido o brasileiro Samuel Pupo (Rip Curl) brilhou no Quiksilver Young Guns Surf 2018 / Foto: Divulgação

EUA - Pelo segundo ano seguido o brasileiro Samuel Pupo (Rip Curl) brilhou no Quiksilver Young Guns Surf 2018. O bicampeonato foi comemorado no Surf Rach, a piscina de ondas criada pelo ícone Kelly Slater, em Lemoore, Califórnia (EUA). 
 
Samuca garantiu a melhor performance, segundo os juízes Kanoa Igarashi e Leonardo Fioravanti, superando os outros três finalistas - os franceses Marco Mignot, 17, e Justin Becret, 16, e o norte-americano Jett Chilling, 14. Como prêmio, ele embolsou US$ 10 mil.
 
“Essa vitória foi demais! Pelo segundo ano consecutivo e fui o único a ganhar duas vezes. Fiquei muito feliz e me deixou muito confiante para o US Open”, cravou o surfista de 17 anos, já citando seu próximo compromisso, a etapa do QS 10000, em Huntington Beach, também na Califórnia. “Foi demais competir na piscina. É uma competição bem diferente de um campeonato normal. Eles gostam de diferenciar bastante o julgamento. Então é um campeonato que você consegue se soltar mais, se divertir, e lá sempre a onda é perfeita”, contou.
 
Na competição, realizada num único dia, os surfistas se revezavam na água em diferentes tipos de performance, desde surfar um trecho da onda, a manobras power, como rasgadas, rabetadas e também o aéreo. Nesse ponto, inclusive, Samuel vibrou ainda mais. “Todo mundo que estava lá falou que eu mandei o melhor aéreo que já viram na piscina de ondas e então saí de lá ainda mais feliz com essa conquista”, disse o atleta patrocinado pela Rip Curl, Guaraná Antarctica, Vult Cosmética, HB, pranchas OHP e Modom.
 
Agora, o foco se volta totalmente para resultados no Circuito Mundial QS, em busca da sonhada vaga à elite mundial. “O plano é estar focado no QS. Quero me classificar para o CT. Esse campeonato foi um grande estímulo, me diverti muito, mas foi um treino. Vou chegar no US Open com o surf no pé e a prancha muito boa”, completou. 
 

Veja Também: 

 

 
 
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook