Brasileira Lohaynny Vicente é prata no Mercosul de Badminton | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Brasileira Lohaynny Vicente é prata no Mercosul de Badminton

Lohaynny Vicente / Foto: Kiko Sierich

Rio de Janeiro - O Brasil saiu do III Mercosul de Badminton com uma medalha de prata e três de bronze. No domingo de finais da competição, marcado por jogos equilibrados em Foz do Iguaçu, Lohaynny Vicente, a única brasileira que chegou às finais, encarou a americana Rong Schafer, uma das favoritas do torneio, e acabou derrotada de virada por dois sets a um, parciais de 17-21, 21-13 e 21-15.
 
“Foi uma partida decidida em detalhes, me arrisquei e, por fim, a Rong acabou abrindo uma boa diferença de pontos. Eu me senti bem em quadra, fiz um bom jogo, mas acontece. Agora tenho que treinar para a próxima competição e fazer melhor”, disse Lohaynny Vicente ao final da partida.
 
O dia de finais no Ginásio Costa Cavalcante foi iniciado com a disputa de duplas mistas. A parceria favorita no torneio, formada por Phillip Chew e Jamie Subandhi, dos Estados Unidos, enfrentou a dupla canadense Kevin Li e Rachel Honderich. Em um jogo rápido, de dois sets, os americanos, atualmente líderes das Américas na categoria, venceram os adversários com parciais de 21-11 e 21-17, conquistando a medalha de ouro. O Brasil conquistou um dos bronzes nas duplas mistas, com Alex Tjong e Lohaynny Vicente subindo ao pódio ao lado dos canadenses Nyl Yakura e Brittney Tam.
 
Na sequência do torneio, os homens entraram em quadra para a disputa da categoria simples. O guatemalteco Kevin Cordon enfrentou o norueguês Marius Myhre. Kevin saiu na frente, ao ganhar o primeiro set por 21-14. No segundo, Marius abriu vantagem, mas o atual campeão dos Jogos Pan-Americanos se recuperou e fechou a partida ao ganhar por 21-17.
 
Na final de duplas femininas, as turcas Ozge Bayrak e Neslihan Yigit derrotaram as francesas Laura Choinet e Teshana Vignes Waran por dois sets a zero, com parciais de 21-10 e 21-11. Nesta categoria, o Brasil faturou duas medalhas de bronze, com Luana Vicente/Lohaynny Vicente e Paula Beatriz/Fabiana Silva ficando em terceiro lugar.
 
Único atleta a disputar duas finais neste domingo, Phillip Chew voltou à quadra para a disputa de duplas masculinas ao lado de Sattawat Pongnairat. A parceria americana encarou os belgas Matijs Dierickx e Freek Golinski em um dos jogos mais emocionantes do dia. Os europeus venceram o primeiro set por 21-13, mas viram os adversários empatarem a partida no segundo período (21-08). No terceiro set, disputado ponto a ponto, os belgas ganharam por 21-19.
 
“O jogo foi cansativo, os últimos dois dias foram assim, diante da quantidade de jogos que fiz. Perdi somente aqui, no fim, e estou feliz de ter feito duas finais. Fiquei feliz ao ganhar o primeiro jogo, mas infelizmente no segundo acabei ficando com a prata”, afirmou o Phillip Chew.
 
Na final de simples feminina, Lohaynny Vicente contou com o apoio da torcida de Foz do Iguaçu e saiu na frente. A atleta carioca venceu o primeiro set por 21-17. Na segunda parte do jogo, Rong Schafer correu atrás e se recuperou, ganhando por 21-13. Na disputa do último set, a americana pressionou e fechou o jogo, levando o ouro.
 
“O primeiro set foi bom, no começo eu fui bem e depois passei a cometer erros, a não me sentir tão bem em quadra. Ela foi muito bem, tem um controle muito bom e soube aproveitar o que eu errei. No fim, eu me saí melhor, mas foram coisas de detalhes”, comentou a atleta norte-americana, que, assim como Lohaynny, tem como foco este ano a disputa dos Jogos Pan-Americanos de Toronto.
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook