Estádio de atletismo tem reforma adiada e será só estacionamento | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Estádio de atletismo tem reforma adiada e será só estacionamento

Antigo Célio de Barros: reforma só deverá sair após 2016 / Foto: Divulgação / SUDERJ

Rio de Janeiro - O estádio de atletismo Célio de Barros, parcialmente demolido, não será reconstruído para os Jogos Olímpicos de 2016, conforme previa o contrato com a concessionária Maracanã S/A, responsável pelo Maracanã, estádio que abrigará as cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos. 

Palco do atletismo carioca por muitos anos, o Célio de Barros acabou se tornando mais um dos imbróglios relacionados às obras das Olimpíadas. Atletas e dirigentes batalharam pela preservação dos equipamentos esportivos do estádio.

Entretanto, isso deve mesmo ficar para depois dos Jogos, o que faria com que o espaço continuasse sendo utilizado apenas como estacionamento, inclusive durante as cerimônias que o Maracanã abrigará em 2016. 

Pelo aditivo de contrato da concessionária, o Célio de Barros deveria ser reconstruído até julho de 2016, ou seja, antes do início dos Jogos, em 05 de agosto. No entanto, uma brecha prevê o aumento desse prazo, caso haja ciência do governo do Rio. 

Dessa forma, mais uma obra não deverá ter seu legado para os Jogos. Fechado desde janeiro de 2013, o espaço já é usado como área de apoio para os grandes eventos que o Maracança comporta. Nada mudaria por conta das Olimpíadas. 

A promessa, de reforma do Célio de Barros e construção de um estacionamento subterrâneo, parece ter sido protelada. 


 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook