Brasil, Eua e mais 15 países garantem vagas olímpicas no revezamento | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Brasil, Eua e mais 15 países garantem vagas olímpicas no revezamento

Ryan Bailey cruza a linha de chegada na frente de Usain Bolt / Foto: Getty Images / Streeter Lecka

Rio de Janeiro - O Mundial de Revezamento da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), realizado em Nassau, Bahamas, neste fim de semana (3 e 4), rendeu mais do que novas medalhas ou recordes para atletas de 17 nações. As oito melhores colocadas em cada uma das quatro provas Olímpicas disputadas no Mundial - 4x100m e 4x400m, masculino e feminino – conquistaram uma vaga para o maior evento esportivo do planeta no ano que vem. Entre eles, estava a equipe brasileira que, junto com Estados Unidos e Jamaica, garantiu a participação em todos os eventos (veja a lista com todos os classificados abaixo).
 
A grande surpresa da competição veio na prova masculina do revezamento 4x100m, quando a equipe jamaicana, ancorada por ninguém menos do que Usain Bolt, perdeu o ouro para os norte-americanos. O quarteto formado por Justin Gatlin, Tyson Gay, Ryan Bailey e Mike Rodgers terminou a prova em 37s38, aproximadamente três décimos de segundo à frente do time jamaicano, composto por Nesta Carter, Kemar Bailey-Cole, Nickel Ashmeade e Bolt, que chegou a reduzir a diferença para os Estados Unidos em cerca de um metro na última parte do revezamento, mas sem conseguir reverter o resultado.
 
Já na final feminina do 4x100m, o resultado foi o inverso. A bicampeã Olímpica Veronica Campbell-Brown ultrapassou Carmelita Jeter nos 50m finais, garantindo a vitória jamaicana sobre os Estados Unidos.
 
Nas provas finais do revezamento 4x400m, ficou evidente o domínio norte-americano. A equipe masculina garantiu o ouro à frente dos bahamenses, que competiam em casa, com 2m58s43. Já a equipe feminina não só defendeu o título, como quebrou o recorde da competição, com 3m19s39. O resultado foi graças à atual campeã Olímpica dos 400m Sanya Richards-Ross, que fez um tempo impressionante na terceira parte da prova, completando sua participação no revezamento em apenas 48s79.
 
As provas de revezamento têm classificação diferenciada das demais provas do atletismo nos Jogos Olímpicos, que se baseiam na obtenção de índices mínimos. Além das vagas conquistadas no Mundial de Revezamento de 2015, outras oito vagas para cada prova serão destinadas aos melhores colocados no ranking mundial ao fim do período de classificação.
 
Ao todo, 17 nações diferentes garantiram vaga para as provas de revezamento dos Jogos Rio 2016.
 
Veja todas:
 
4x100m masculino:
1.       Estados Unidos
2.       Jamaica
3.       Japão
4.       Brasil
5.       França
6.       São Cristóvão e Nevis
7.       Trinidad e Tobago
8.       Alemanha
 
4x400m masculino:
1.       Estados Unidos
2.       Bahamas
3.       Bélgica
4.       Jamaica
5.       Brasil
6.       Grã-Bretanha
7.       Trinidad e Tobago
8.       Botswana
 
4x100m feminino:
1.       Jamaica
2.       Estados Unidos
3.       Grã-Bretanha
4.       Canadá
5.       Trinidad e Tobago
6.       Brasil
7.       Nigéria
8.       Suíça
 
4x400m feminino:
1.       Estados Unidos
2.       Jamaica
3.       Grã-Bretanha
4.       França
5.       Polônia
6.       Canadá
7.       Austrália
8.       Brasil
 
A classificação para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos é um processo contínuo e as inscrições finais só serão confirmadas em julho de 2016 (para os Jogos Olímpicos) e agosto de 2016 (para os Jogos Paralímpicos). As inscrições são recomendadas pelas federações nacionais ou organizações esportivas de cada país a seus respectivos Comitês Olímpicos Nacionais ou Comitês Paralímpicos Nacionais, que decidem pelas inscrições finais.
 
Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook