Federação Internacional de Vela aposta em Scheidt e Prada como favoritos

Robert e Bruno estão otimistas / Foto: Luiz Doro / adorofoto Robert e Bruno estão otimistas / Foto: Luiz Doro / adorofoto

São Paulo - Os atuais tricampeões mundiais da classe Star Robert Scheidt e Bruno Prada foram apontados nesta semana pela Federação Internacional de Vela (ISAF) como favoritos ao ouro olímpico, ao lado dos ingleses Iain Percy e Andrew Simpson. A dupla brasileira, que desembarcou na capital inglesa nesta segunda-feira, esteve invicta por mais de um ano e meio e chegou a liderar o ranking mundial somando apenas primeiros lugares em competições do circuito mundial de vela, fato que nunca havia acontecido anteriormente.



A Isaf destaca a rivalidade das duas duplas, que estão sempre disputando os primeiros lugares das competições, como aconteceu nos dois últimos mundiais, em Perth 2011 e Hyères 2012, nos quais os brasileiros sagraram-se campeões. 

A classe Star é a mais competitiva dos Jogos Olímpicos e, dos 32 atletas que disputam a competição, existem nada menos que 50 participações em Olimpíadas. Além dos brasileiros e dos Ingleses, a Isaf acredita que os suecos, liderados por Fredrik Loof (que disputa a sua sexta Olimpíada) e os franceses, comandados por Xavier Rohart (com cinco participações nos Jogos) também podem subir ao pódio. Ambos velejam ao lado de proeiros estreantes nos Jogos. Outra dupla que poderá surpreender é a irlandesa Peter O'Leary e David Burrows, que venceu o último evento disputado na raia olímpica. 

"A disputa com os ingleses vai ser muito dura, porque eles conhecem muito bem a raia, a meteorologia dos locais, dominam muito, e são os atuais campeões olímpicos. Por isso, são a dupla a ser batida, mas as outras parcerias também estão muito bem treinadas . Nós gostamos muito de velejar em Weymouth e já estivemos aqui algumas vezes. Geralmente o clima é frio e com muito vento e este é o maior desafio daqui", disse Scheidt ao chegar à Inglaterra.

A caminho de sua segunda olimpíada, Scheidt e Prada somam cinco medalhas olímpicas - quatro de Robert, com dois ouros e uma prata na Laser e uma prata na Star, que conquistou ao lado de Bruno, nos Jogos Olímpicos de Pequim. Com um vasto currículo de conquistas (53 no total), a dupla é a atual tricampeã mundial da classe, título conquistado em maio, em Hyères, na França. Além deles, só uma dupla na história, os italianos Agostino Straulino e Nicolo Rode, ganhou, velejando junta, três títulos mundiais (1952, 1953 e 1956). A parceria brasileira dominou o ranking mundial da Classe nos últimos 18 meses, tendo vencido 11 campeonatos consecutivos entre maio de 2011 e abril de 2012. 

A disputa da classe Star começa no dia 29 de julho às 9h30, horário de Brasília. Dia 1º de agosto será o dia reserva e dia 5 será disputada a Medal Race, em que participam apenas os dez primeiros colocados e tem pontuação dobrada. 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook