Belém recebe dezenas de atletas para o GP Brasil Caixa Pará | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Belém recebe dezenas de atletas para o GP Brasil Caixa Pará

Geisa, Higor e Duda no aeroporto de Belém / Foto: Wagner Carmo / CBAt

Rio de Janeiro - A tarde desta sexta-feira 8 foi movimentada no Aeroporto Internacional Val-de-Cans, em Belém, com a chegada de dezenas de atletas brasileiros e estrangeiros para a disputa do Grande Prêmio Brasil Caixa Pará de Atletismo, no próximo domingo, no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão. A competição faz parte do IAAF World Challenge, importante circuito de Meetings da Associação Internacional das Federações de Atletismo.
 
Uma das estrelas a desembarcar na capital paraense foi o paulista Mauro Vinícius "Duda" da Silva, bicampeão mundial indoor do salto em distância. Sempre simpático e sorridente, ele acha fundamental a prova de domingo para ganhar mais ritmo de prova. "Fiquei muito tempo parado por causa de uma tendinite no joelho esquerdo. Agora estou 100% fisicamente, mas falta ritmo de competição", lembrou o atleta que conquistou o bicampeonato em março passado, em Sopot, na Polônia.
 
Apesar do problema, Duda está animado. No dia 15, ele embarca para a Europa, onde competirá nos torneios de Estocolmo, na Suécia, Grossetto, na Itália, e em Bruxelas, na Bélgica.
 
Duda desembarcou ao lado de Higor Silva Alves, seu companheiro de treinamento e que na semana passada ganhou a medalha de prata no Campeonato Ibero-Americano, no Ibirapuera, em São Paulo, com 8,00 m no salto em distância, e de Geisa Arcanjo, finalista olímpica do arremesso do peso em Londres 2012. Geisa ficou quatro meses sem treinar por conta de assuntos pessoais, mas está de volta. Ela competiu dia 19 de julho, quando obteve a marca de 17,47 m, em São Paulo.
 
Pouco antes, num voo do Rio de Janeiro, haviam chegado Rosangela Santos, Jefferson Lucindo, Evelyn Santos, Jorge Henrique Vides e Aldemir Gomes Junior, entre outros.
 
Entre os estrangeiros, os norte-americanos Tiffany Townsend e Marvin Bracy chamaram a atenção pela simpatia, mesmo cansados pela longa viagem. Com 11.13 (1.8) nos 100 m e 22.26 (-0.5) nos 200 m, Tiffany já correu os 200 m em 22.72 (-0.3) este ano, em Heusden Zolder, na Bélgica. "Estou bem e espero fazer uma boa prova dos 200 m", comentou a velocista de 25 anos.
 
Já Marvin Bracy conquistou a medalha de prata nos 60 m do Mundial Indoor de Sopot, com o tempo de 6.51. Ele tem como recorde pessoal nos 100 m a marca de 10.08 (1.5), resultado obtido em abril passado, em Clermont, na Flórida (USA).
 
No grupo de estrangeiros chegaram também o norte-americano Dentarius Locke (100 m), o alemão Mark Munch (lançamento do disco) e a russa Anastasia Bazdyreva (800 m), entre outros.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook