País de Gales, França, Austrália e Nova Zelândia são os semifinalistas da Copa do Mundo

Foram definidas neste final de semana, as semifinais da Copa do Mundo de Rugby da Nova Zelândia / Foto: Divulgação/IRBForam definidas neste final de semana, as semifinais da Copa do Mundo de Rugby da Nova Zelândia / Foto: Divulgação/IRB

Nova Zelândia - O mundo já sabe quem são semifinalistas da Copa do Mundo de Rugby, que está sendo disputada na Nova Zelândia. País de Gales, França, Nova Zelândia e Austrália garantiram a vaga no último final de semana. Destaque para a queda da favorita África do Sul, atual campeã Mundial.

A primeira seleção a se garantir na próxima fase foi o País de Gales, com vitória em cima da Irlanda. No segundo jogo das quartas-de-finais, a França derrotou a Inglaterra.

No domingo, dia 9 de outubro, a seleção da casa levou a melhor em cima da Argentina no primeiro jogo do dia. Na partida seguinte, a Austrália conseguiu eliminar a Africa do Sul, atual campeã mundial, da competição e agora ganha força na disputa do título. 

País de Gales 22x10 Irlanda - Wellington - A seleção do País de Gales foi a primeira a garantir vaga nas semifinais da Copa do Mundo de Rugby. No sábado, 8 de outubro, o galeses venceram a Irlanda por 22 a 10.

Com a vitória, País de Gales volta a disputar uma semifinal de Copa do Mundo depois de 24 anos, quando foi terceiro colocado em 1987.

Os irlandeses foram responsáveis pela única surpresa do mundial até agora. Na primeira fase, venceram a Austrália, no Grupo C.

No começo do jogo, Gales precisou de apenas três minutos para abrir o placar, depois de uma bela jogada de Shane Williams, autor do try que deixou os galeses na frente do placar. Aos 24 minutos, Ryan O`Hara acertou um penal, anotando os primeiros 3 pontos para Irlanda. Logo em seguida, aos 29, os galeses também acertaram um penal, abrindo sete pontos de vantagem. 10x3 País de Gales.

No segundo tempo, a Irlanda conseguiu empatar o jogo. Keith Earks foi o autor do try que empatou a partida. Logo em seguida, País de Gales conseguiu dois trys consecutivos, com Mark Philips e Jonathan Davis. A Irlanda ainda tentou correr atrás, mas a defesa galesa não permitiu. No final, País de Gales 22x10 Irlanda.

Inglaterra 12x19 França – Auckland - No Estádio Eden Park, depois de uma campanha ruim na primeira fase, a França surpreendeu e derrotou a Inglaterra.

Deixando os conflitos internos de lado, os franceses garantiram vaga na semifinal, e agora vão enfrentar País de Gales, em partida disputada no próximo sábado, dia 15 de outubro.

O jogo contra a Inglaterra foi de superação por parte dos franceses. O começo do primeiro tempo foi dominado pelos Blues. Os terceiras linhas Julien Bonnaire, Imanol Harinordoquy e o capitão Thierry Dusautoir estavam numa noite inspirada e levaram o time para frente conseguindo dominar o jogo.

Aos 15 minutos, o árbitro australiano Steve Walsh marcou dois penais para os franceses. Yachvili acertou os dois. Com 6 pontos de vantagem os blues não diminuiram o rítmo e continuaram dominando a partida. Aos 22 minutos, Vincent Clerc, anotou o primeiro try francês, depois de um erro inglês. A França armou um contra-ataque fulminante e abriu ainda mais o placar. Logo depois, os franceses marcaram de novo. O segundo try saiu das mãos do fullback Máxime Medard, depois de uma sequência de passes perto do in goal. 16x0.

No segundo tempo, aos 16 minutos, a Inglaterra aproveitou uma falha defensiva dos franceses e diminuiu.  Wilkinson fez uma grande jogada com Flood e a bola oval chegou nas maõs de Ben Foden, que anotou o primeiro try inglês.

Faltando 7 minutos para o final da partida, François-Trinh-Duc acertou um penal para os franceses. Quando tudo parecia decidido, a Inglaterra armou bom ataque e novamente colocou emoção no jogo. Flood recebeu a bola de um ruck e chutou curto para Simon Shaw marcar. O árbitro australiano precisou do TMO (Television Match Officer) para validar o try.

O jogo ficou dramático. Os franceses seguraram a pressão da Inglaterra nos últimos minutos e garantiram a classificação. Inglaterra 12x19 França.

Nova Zelândia 33x10 Argentina – Auckland - Como toda partida, os Pumas fizeram um jogo duríssimo, mas não o suficiente para segurar a seleção da casa. Os All Blacks são os únicos invictos do Mundial e conseguiram a classificação para as semifinais sem maiores problemas.

Os neozelandeses dominaram a partida durante os 80 minutos de jogo. O time da casa obteve 63% de posse de bola. De quebra, Piri Weepu somou 21 pontos em penais convertidos e foi considerado o melhor jogador em campo.

A partida começou com a Argentina partindo pra cima dos neozelandeses. No primeiro tempo, o primeiro try foi argentino, com Farias Cabello. Os All Blacks responderam com dois penais. 7x6 Argentina.

Na segunda etapa, os argentinos não conseguiram segurar o placar e cederam muitos penais. Piri Weepu, não desperdiçou, e o jogo que estava duro começou a ficar na mão dos All Blacks. O primeiro try neozelandês saiu apenas aos 66 minutos, com Kieran Read. Logo em seguida, Brad Thorn anotou o segundo, fechando o placar da partida e garantindo a classificação. 33x10 Nova Zelândia.

África do Sul 9x11 Austrália – Wellington - África do Sul e Austrália fizeram o duelo que para muitos é de onde sairá o campeão deste Mundial. Os Wallabies venceram por 11 a 9 e garantiram vaga na semifinal. O próximo confronto é contra a seleção da Nova Zelândia. Os australianos enfrentam o time da casa no próximo domingo, dia 16 de outubro.

O único try da partida saiu das mãos do capitão australiano, James Horwill,e foi anotado ainda no primeiro tempo. Apesar de sair atrás do placar, os sul-africanos conseguiram virar a partida para 9 a 8, com a conversão de três penais.

 Na segunda etapa, o jogo ficou duro no meio de campo, com as defesas sólidas. Apenas nos 10 minutos finais a Austrália conseguiu passar a frente do marcador. O’Connor converteu um penal marcado pelo árbitro neozelandês Bryce Lawrence. 11x9 Austrália.

Bravamente, os australianos seguraram o placar até o final da partida. Os Springboks tiveram 56% de posse da bola oval, mas não foi o suficiente para segurar os atuais campeões do Tri Nations.

Confira os próximos jogos válidos pela semi-finais da Copa do Mundo de Rugby: 

15/10 – País de Gales x França

16/10 – Austrália x Nova Zelândia

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook