Zé Roberto Guimarães prevê jogos duros para o Brasil desde a estreia

José Roberto Guimarães/ Foto: DivulgaçãoJosé Roberto Guimarães/ Foto: Divulgação

Londres- Nem precisava o técnico da seleção brasileira feminina de vôlei, José Roberto Guimarães, falar da expectativa de partidas difíceis nos Jogos Olímpicos Londres 2012. Se não bastasse estarem na chave mais difícil do torneio, as campeãs olímpicas abrirão sua participação neste sábado, 28 de julho, contra a Turquia, uma das equipes que mais evoluiu nos últimos tempos. Dois dias depois, haverá a reedição da final de Pequim 2008, contra os Estados Unidos, um time que o próprio Zé Roberto considera favorito ao ouro na capital britânica.
 
"Muitas equipes passaram por mudanças desde Pequim, mas as americanas mantiveram uma base de pelo menos oito jogadoras com duas, três participações olímpicas no currículo. Nós perdemos duas jogadoras importantíssimas, a Fofão e a Walewska, que passaram da idade. Agora temos que crescer de novo, mas imagino que teremos jogos duros a cada rodada", admite o único treinador da história do vôlei a conquistar o ouro olímpico no masculino e no feminino, já que comandou também Tande, Giovane & cia na histórica campanha de Barcelona 1992.
 
Além da evolução técnica, a Turquia é comandada por um profundo conhecedor do vôlei brasileiro: Marco Aurélio Motta, treinador da seleção feminina entre 2001 e 2003, e que levou a equipe juvenil o primeiro título mundial do país, em 1987. A Turquia foi uma das grandes surpresas da temporada de 2012 ao vencer o Pré-Olímpico Europeu e garantir sua primeira participação olímpica, batendo equipes mais tradicionais como a Rússia. No ultimo Grand Prix, só ficou atrás de Brasil e EUA na classificação geral.
 
"Ganhamos delas de 3 a 1, mas foi um jogo duro. As turcas formam um time meio médico e monstro. Podem fazer sets brilhantes e depois errar demais. Precisamos estar extremamente concentradas para impor nosso ritmo", explicou a levantadora Fernandinha após o treino da noite desta quarta-feira, 25 de julho, na arena de Earl's Court, palco das partidas olímpicas.
 
A comissão técnica anunciou o corte da líbero Camila Brait e fechou o grupo de 12 jogadoras para o torneio olímpico.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook