Djokovic estreia com vitória nas duplas no Qatar ExxonMobil Open 2019

Djokovic - Shannan DOUBLE  / Foto: DivulgaçãoDjokovic - Shannan DOUBLE / Foto: Divulgação

Qatar - O Qatar ExxonMobil Open 2019 de tênis começou no último dia do ano (31) com surpresas nas duplas. O brasileiro Bruno Soares foi eliminado da competição junto com seu parceiro de jogo, o escocês Jamie Murray. Já o sérvio Novak Djokovic estreou, junto com seu irmão Marko, com vitória. 
 
Realizada no Khalifa International Tennis and Squash Complex, em Doha no Qatar, a 27ª edição vai até dia 5 de janeiro e reúne grandes nomes do tênis mundial. Organizada pela Federação de Tênis do Qatar, o Qatar ExxonMobil Open 2019 é o primeiro ATP 250 do ano e o vencedor da disputa individual leva o prêmio de U$ 219.755.00.
 
Bruno Soares e Murray jogaram contra o húngaro Marton Fucsovics e o argentino Guido Pella, nesta segunda feira (31). A dupla do brasileiro foi eliminada por 6-3; 6-4.
 
"Nós não jogamos mal, foi  primeiro jogo do ano, um pouco sem ritmo ainda, mas a gente criou muita oportunidade,mas não conseguimos aproveitar. Tivemos alguns break points, mas não conseguimos quebrar, o que acabou complicando. Eles são bons jogadores, acabaram jogando alguns bons games e tiveram uma evolução no jogo, conseguiram  capitalizar melhor. Agora temos que voltar ao ritmo de vitórias, de jogar nosso melhor nas horas importantes e nos preparar”, contou.
 
Sobre sua participação no Qatar ExxonMobil Open 2019, mesmo com a eliminação precoce,  Bruno completa: "é um grande evento, gosto sempre de começar o ano aqui, é um evento muito bem organizado, tem uma estrutura muito boa para os jogadores, principalmente na primeira semana do ano, que todo mundo quer treinar bastante, tem muita quadra e eles estão sempre melhorando a cada ano. Todo  ano que você volta aqui e tem alguma novidade, e isso para os jogadores é muito bacana. Não é a toa que todo ano o torneio fica bastante duro e tem muito jogador bom", completa.
 
Em 2018 Murray e Soares foram vice-campeões, sendo derrotados pelo austríaco Oliver Marach e pelo croata Mate Pavic, presentes novamente no torneio.  O número 1 do mundo, Novak Djokovic, estreou nas duplas com seu irmão Marko Djokovic na vitória contra o turco Cem Ilkel e Mubarak Shannan Zayid, natural do Qatar. O jogo foi disputado e terminou em 6-3; 3-6 e 10-6 para os sérvios. 
 
Novak estreia na chave de simples contra o bósnio Damir Dzumhur na próxima terça-feira (01). O cabeça-de-chave, que participa do evento pela quinta vez, tenta seu tricampeonato do torneio (2016 e 2017). 
 
"Para mim foi uma felicidade muito grande terminar 2018 vencendo. Eu e meu irmão nunca tínhamos vencido um jogo assim, então estou bem contente. Quero que o próximo ano  seja cheio de boas intenções e que os próximos jogos e a próxima temporada seja tao boa quanto. Quero ver sempre até onde eu posso ir com a minha carreira. Tentarei jogar e conciliar o lado profissional com o lado pessoal sempre, já que agora tenho dois filhos e muita coisa muda. Vou atras do equilíbrio dos dois."disse Djokovic em coletiva de imprensa, em Doha.  
 
Nos primeiros jogos de simples, vitória dos espanhóis: Fernando Verdasco e Roberto Bautista Agut,  do chileno Nicolás Jarry, do theco Tomas Berdych e do georgiano Nikoloz Basilashvili. 
 
Amanhã entram em quadra: Marco Cecchinato, David Goffin, Karen Khachanov, alem do austríaco Dominic Thiem, número 8 do mundo. Thiem enfrenta o francês Pierre-Hugues Herbert. "Estou muito feliz em poder voltar para Doha, ano passado estive muito perto do título mas acabei não o conquistando. Espero que aconteça esse ano. O campeonato esta cada vez mais forte, acredito que esteja até mais forte que ano passado, mas treinei para isso", contou Thiem. 
 
Veja Também: 
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook