Brasil conquista medalha inédita na Copa do Mundo

Camilla Gomes e Alice Hellen Gomes / Foto: Divulgação/CBGCamilla Gomes e Alice Hellen Gomes / Foto: Divulgação/CBG

São Paulo - O Brasil encerrou com um pódio inédito sua participação na primeira etapa da Copa do Mundo de Ginástica de Trampolim, realizada em Baku, no Azerbaijão. As brasileiras Camilla Gomes e Alice Hellen Gomes ficaram com a medalha de bronze na final do Trampolim Sincronizado, realizada neste domingo (17).
 
Com as melhores avaliações de execução (8,450) e sincronização (18,24) na final, Camilla e Alice atingiram a nota total de 46,790. Foram superadas pela dupla de Belarus (Valiantsina Bahamolava e Anhelina Khatsian), que ficou com o ouro, com 47,420; e a dupla australiana (Kira Ward e Eva Kierath), que levou a prata, com 46,950.
 
Para a técnica e coordenadora de Ginástica de Trampolim da CBG (Confederação Brasileira de Ginástica), Tatiana Figueiredo, o resultado deste domingo não chegou a ser uma surpresa. “Embora o foco para esta etapa tenha sido no Trampolim Individual, sabíamos que elas tinham condições de lutar por uma medalha. Elas competiram muito bem hoje”, afirmou Tatiana.
 
Apesar da prova do Trampolim Sincronizado não fazer parte do programa olímpico – e com isso não contar pontos para o ranking individual que definirá as vagas para a Olimpíada de Tóquio-2020 – Tatiana enalteceu a importância desta medalha de bronze. “Este resultado é muito importante, pois ganhamos reconhecimento e mostramos que temos condições de estar entre os melhores do mundo”, afirmou.
 
Camilla Gomes, uma das integrantes da Seleção Brasileira, também festejou a medalha inédita. “Estava me sentindo muito bem na prova, tinha me preparado muito para esta competição. Ainda não obtive o resultado que acho que posso alcançar, pois ainda cometi alguns erros. Mas estou muito feliz com tudo o que aconteceu e onde terminamos, principalmente com esta medalha de bronze no Sincronizado. Por ser a primeira competição do ano, acredito que estamos no caminho certo”, analisou Camilla.
Já Alice Hellen Gomes acredita que o resultado deste domingo poderá influenciar positivamente no desempenho da dupla brasileira ao longo da temporada. “Eu me senti muito tranquila nesta prova e saio feliz demais com a conquista desta medalha. Iniciamos muito bem o ano de 2019 e este resultado, além do nosso desempenho no Individual, nos dará mais motivação para as próximas competições”, disse Alice.
 
A próxima competição que deverá contar com a presença da Ginástica Brasileira de Trampolim será a etapa da Copa do Mundo em Minsk (Belarus), nos dias 20 e 21 de abril.
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook