Thiago André bate recorde sul-americano juvenil dos 1.500 m | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Thiago André bate recorde sul-americano juvenil dos 1.500 m

Thiago André, numero 120 / Foto: Wagner Carmo / CBAt

Rio de Janeiro - Depois de ter batido o recorde brasileiro juvenil dos 1.500 m, no dia 22 de fevereiro, em São Paulo (SP), Thiago do Rosário André superou o recorde sul-americano da prova, que era 3:40.86 e pertencia há dois anos ao argentino Frederico Bruno, marca feita em Fortaleza (CE). Thiago correu a prova neste último fim de semana na pista Adhemar Ferreira da Silva, em 3:40.59 pelo Torneio FPA Adulto, Combinadas e Juvenil, em São Paulo (SP).
 
Com o resultado, o atleta nascido em Belford Roxo no dia 04 de agosto de 1995, obteve mais uma vez o índice CBAt para o Campeonato Mundial de Juvenis, em julho, na cidade de Eugene, nos Estados Unidos. Thiago tem também a marca mínima nos 800 m (1:47.85) para a competição nos Estados Unidos.
 
A grande temporada de Thiago não se resume às provas olímpicas. Em maio, ele bateu o recorde sul-americano juvenil dos 3.000 m no GP São Paulo Caixa, com 8:00.86, e, três dias depois, no GP Caixa Sesi, em Uberlândia (SP), se converteu no primeiro atleta sub-20 a completar a distância em menos de 8 minutos: 7:59.02.
 
Treinado por Adauto Domingues e companheiro de preparação do maratonista Marilson Gomes dos Santos, Thiago venceu com tranquilidade. O segundo colocado na prova foi Welber Tiago Gomes Leal (Luasa-SP), com 3:53.21, seguido de Weverton Fidelis (Federação de Atletismo do Paraná), com 3:53.52.
 
A competição realizada no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa teve outros bons resultados. No lançamento do disco, Felipe Lorezon (Orcampi/Unimed-SP) venceu com 59,11 m, seu novo recorde pessoal - um centímetro apenas a mais do que Ronald Julião (BM&FBovespa-SP), segundo colocado, com 59,10 m.
 
No salto triplo, Kauam Kamal Aleixo Bento (ASA Tapetes São Carlos-SP) ganhou com 16,89 m. Danylo Santos Martins (EC Rezende-SP) ficou em segundo lugar, com 16,57 m.
 
No feminino, a competição marcou o retorno de Ana Cláudia Lemos (BM&FBovespa-SP), que tratava de uma lesão no pé desde o início do ano. Ela ficou em segundo lugar nos 100 m (0.0 de vento), com 11.40. Franciela Krasucki (Pinheiros-SP) foi a campeã, com 11.30.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook