Juraci Moreira e autoridades discutem melhorias na Lei de Incentivo ao Esporte

Paranaense se une à atletas, ex-atletas e dirigentes em encontro com o Ministro do Esporte, Leonardo Picciani, e o presidente da Câmara, dep. Rodrigo Maia, em Brasília / Foto: Arquivo pessoalParanaense se une à atletas, ex-atletas e dirigentes em encontro com o Ministro do Esporte, Leonardo Picciani, e o presidente da Câmara, dep. Rodrigo Maia, em Brasília / Foto: Arquivo pessoal

Brasília - Motivado à fazer a diferença para o desenvolvimento do esporte nacional, Juraci Moreira, um dos ícones do triathlon brasileiro, esteve em Brasília nesta quarta-feira (9) para um compromisso valoroso.
 
Junto com atletas, ex-atletas e dirigentes de outras modalidades, como Ana Moser, Raí, Vanderlei Cordeiro, Rafael "Baby" Silva, entre outros, o paranaense participou de uma reunião com Ministro do Esporte, Leonardo Picciani, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, visando apoio à proposta de aumento do percentual de dedução do IR para empresas que utilizam a Lei de Incentivo ao Esporte. 
 
"A lei de incentibvo ao esporte é uma ferramenta importantíssma para o fomento da prática esportiva em todo o país. Se conseguirmos aumentar de 1% para 3%, que é o percentual máximo destinado pelo Governo Federal em renúncia fiscal, como já ocorre com a Lei Rouanet, isso pode elevar a captação ao esporte de R$ 254 milhões atuais para R$ 400 milhões. Quanto mais os projetos puderem captar, mais qualidade e benefícios eles irão oferecer, não apenas para atletas de alto rendimento e formação, mas para a sociedade como um todo. Esporte é saúde e pode ajudar a transformar vidas", destacou Juraci, hexacampeão brasileiro e gestor esportivo. 
 
Os projetos - Após 20 anos de carreira bem sucedidos, Juraci Moreira decidiu que era hora de ajudar o triathlon brasileiro do lado de fora das pistas. Com apoio do Comitê Olímpico Brasileiro e da Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri), o hexacampeão brasileiro atua desde o segundo semestre de 2014 na área de gestão esportiva visando contribuir para crescimento da modalidade em todas as suas vertentes. 
 
Junto com a Federação Paranaense de Triathlon (FPTri), o hexacampeão nacional deu início à programas pioneiros de fomento ao Triathlon e também se tornou referência na elaboração e execução de projetos via Lei de Incentivo ao Esporte. 
 
O primeiro projeto, denominado "Escolinha de Triathlon Formando Campeões" não apenas introduziu jovens carentes da rede pública de ensino em uma nova modalidade esportiva, como demonstrou uma maturidade indescritível no desenvolvimento atlético e pessoal desses jovens. Em menos de um ano de atividades, cerca de 30 meninos e meninas, de 10 a 17 anos de idade, descobriram suas habilidades, mostraram muita disciplina e perseverança nos treinos e com isso conquistaram suas primeiras medalhas em competições regionais e até mesmo um torneio nacional de base. O projeto oferece acesso a prática esportiva de forma 100% gratuita e contempla aquisição de equipamentos como bicicletas, tênis, uniformes, contratação de recursos humanos e auxílio transporte.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook