Xterra chega a Minas Gerais com a prova mais cobiçada do circuito

Xterra chega a Minas Gerais com a prova mais cobiçada do circuito  / Foto: Divulgação/XTerraXterra chega a Minas Gerais com a prova mais cobiçada do circuito / Foto: Divulgação/XTerra

Tiradentes - O XTerra 2019 entra em sua reta final. Seis etapas já foram, faltam três. Nos dias 28 e 29 de setembro, a cidade histórica de Tiradentes (MG) receberá o circuito em sua prova mais cobiçada e popular. 
 
O XTerra Estrada Real reunirá mais de quatro mil participantes, entre atletas e amadores, em de trail run (5K, 10K, 10K noturna, 21K e Endurance 50K), três de duathlon (3,5km corrida + 32,5km bike + 9,5km corrida), competição infantil e de ciclismo (MTB Cup: 48km ou 37,5km). Serão dois dias de competição para todos os participantes conhecerem as trilhas e caminhos que contam a história do Brasil. 
 
Atletas profissionais que buscam melhorar suas marcas, amadores que querem conhecer melhor seus limites e, também, aqueles que desejam superar momentos e dificuldades na vida. Dois dias para mostrar que o esporte une todos no objetivo de passar pelo pórtico final. Mas, para isso, todos pensamos que é preciso estar pleno em suas condições físicas, correto? Não exatamente.
 
Tulio Max Ferreira Leite sempre foi um apaixonado por esportes. Praticava de tudo. Professor de educação física, o mineiro gostava de usar o corpo e sempre estar em atividade. Até que, em 2012, um acidente vascular lhe custou as duas pernas, logo abaixo do joelho. Foi necessário um longo período de adaptação e reabilitação, onde Túlio precisava ver com seria sua vida após essa grande mudança. 
 
Após reaprender a praticar alguns esportes, como tênis, tiro com arco, esgrima e basquete, Tulio decidiu tentar o caminho das pistas, com longas e curtas distâncias, além de rapel e trilhas. Dois anos após a amputação, o mineiro subiu os 2800 metros do Pico da Bandeira, o terceiro mais alto do país. Em 2018, foi mais longe, ao completar os 800km do Caminho de Santiago de Compostela. Os desafios não param e agora Tulio vai encarar os 5km da mais famosa e desejada prova do circuito XTerra.
 
“Escolhi essa prova por conta das dificuldades impostas pela região. Tem muitas ruas e pisos muito irregulares, com muita elevação, o que dificulta muito para um bi-amputado”, comentou Tulio, de 68 anos, que irá para o seu segundo XTerra, acompanhado da esposa Teresa. O mineiro de Belo Horizonte encontrou em palestras para jovens e adultos mais um objetivo na vida após passar pelo seu trauma. E surpreende as pessoas com suas histórias. 
 
“Como professor, minha vida sempre foi ligada à educação. As escolas e universidades de Belo Horizonte veem em mim uma oportunidade para falar histórias de valor à vida e superação para jovens e adultos”, finaliza Tulio, que deverá ter mais uma história nova para contar e inspirar. 
 
Mas o XTerra tem mais provas em seu cardápio. Além das corridas, a turma da bicicleta também marca presença para encarar os 48 km da MTB Cup, em circuito montado especialmente para Tiradentes. Quem quiser algo “mais leve”, pode tentar a Cup Sport, com 37,5km. Uma ótima forma de experimentar o que os grandes profissionais encaram. 
 
Grupos de cliclistas vindos de diversos cantos do país se reúnem para disputar o XTerra Estrada Real em todos os anos. De Minas Gerais, o Amigos do Pedal terá 29 participantes nas duas modalidades e nas corridas. O grupo fundado por Ana Cristina Damasceno já passa de 50 pessoas e estará em sua quarta edição do XTerra.
 
“Em 2018, fomos o grupo com o maior números de inscritos. Pedalar é muito mais do que uma diversão. É estar na companhia dos melhores amigos, descobrir caminhos e admirar paisagens espetaculares. Estamos mais uma vez no XTerra e temos gente em todas as provas”, disse Ana, preparada para mais uma etapa em Tiradentes. 
É sobre isso que o XTerra trata. Não apenas se jogar na lama. É uma experiência que vai além e há 14 anos está desbravando o país através de trilhas e passagens especiais do Brasil, enquanto une as pessoas que querem explorar cada vez mais. 
 
Veja Também: 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook