Com Brasileiro de Rollerski, esporte de neve prova seu desenvolvimento

Com Brasileiro de Rollerski, esporte de neve prova seu desenvolvimento  / Foto: CBDN/DivulgaçãoCom Brasileiro de Rollerski, esporte de neve prova seu desenvolvimento  / Foto: CBDN/Divulgação

São Carlos - A primeira etapa do ano do Circuito Brasileiro de Rollerski foi disputada no Parque Ecoesportivo Damha, em São Carlos (SP), entre os dias 21 e 24 de março.
 
A competição é uma iniciativa de sucesso da Confederação Brasileira de Desporto na Neve (CBDN) e coloca o país, mesmo sob condições naturais adversas, como uma das principais referências do esporte de inverno da América do Sul.
 
É o sexto ano de realização do Circuito e o crescimento da modalidade no país se evidencia por números. A competição dobrou o número de etapas realizadas anualmente (hoje, são quatro etapas) e a organização bate o recorde de competidores a cada edição. 
 
O Superintendente Técnico da CBDN, Pedro Cavazzoni, acentua: “o Circuito se consolida a cada ano como uma referência em inovação no mundo todo. Hoje somos reconhecidos pela Federação Internacional de Ski (FIS) pela eficiência no desenvolvimento do Ski Cross Country através do Rollerski. Cada vez mais, atletas de outros países vem para o Circuito”, disse. “O atleta Olímpico Leandro Ribela se tornou o primeiro Delegado Técnico Sul-Americano a atuar em uma prova oficial da FIS, após dois anos de formação”.
 
A abertura do Circuito é um importante termômetro do Ski Cross Country nacional. Para quem não sabe, o Rollerski é o “ski de rodinhas”, uma adaptação do ski no asfalto. A modalidade é reconhecida internacionalmente, vale pontos no ranking mundial de Cross Country e ocupa papel importante no treinamento de todas as principais equipes de diferentes países durante o verão, como Alemanha, Noruega, Suécia e Estados Unidos.
 
Brasileiro de 2019 - Nesta edição, por exemplo, novos recordes foram conquistados pelos atletas brasileiros. Na prova de Distance Clássico, na categoria adulto masculino, um novo feito foi estabelecido. O atleta olímpico Victor Santos contabilizou 129.54 pontos FIS e quebrou o recorde nacional (que também era seu). 
 
Outro ponto que chamou a atenção nesta etapa foi o alto nível de disputa nas provas. Todas as categorias apresentaram finais concorridas, definidas por milésimos de segundos. Na prova de Sprint Masculino FIS, houve um caso raro: dois atletas dividiram o ouro. Rhaick Bomfim e Victor Santos, em final emocionante, chegaram juntos na linha de chegada. 
 
“O crescimento do nível como equipe, e não só individualmente de cada atleta, foi um grande destaque dessa etapa. Houve muito equilíbrio entre as provas, que foram decididas por uma diferença de pontos muito pequena entre os competidores”, conta Caio Freixeda, treinador de Ski Cross Country da CBDN.
 
Há algum tempo, o esporte de neve brasileiro estava focado em poucos nomes que se destacavam no cenário internacional. Atualmente, nota-se uma evolução de toda a equipe nacional e, principalmente, o crescimento do nível da base.
 
Na categoria Feminino FIS, Bruna Moura chama a atenção. Um dos principais nomes femininos do Cross Country e Biathlon nacional, a atleta foi campeã das três provas das quais disputou e manteve a sua invencibilidade no Circuito.
 
Rollerski - Como parte da programação da competição, a CBDN também realizou mias uma Clínica de Rollerski. A aula experimental foi aberta e gratuita ao público geral. Pessoas de diferentes idades e interesses puderam, no sábado (23), ter a possibilidade de esquiar no asfalto e aprender um pouco do esporte com os principais treinadores do país.
 
Luciane Moraes, moradora de Paulínia, viajou até São Carlos para participar da Clínica. Ela conta que já havia tido contato com modalidades de neve, mas não conhecia o Rollerski. “Eu e meu marido viajamos uma vez ao ano para praticar o Ski Alpino e sempre sentimentos falta de treinamento, visto que não é algo que conseguimos praticar sempre. Ficamos sabendo pelo site da CBDN sobre a Clínica e viemos conhecer. E de fato foi uma experiência bem interessante!”, conta.
 
Circuito Brasileiro de Rollerski em:
 
 
 
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook