Favoritismo confirmado na estreia | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Favoritismo confirmado na estreia

Juliana e Larissa vencem dupla das Ilhas Maurício com tranquilidade/ Foto: Divulgação

Londres- Favoritas no duelo com as pouco conhecidas Rigobert e Li Yuk Lo, das Ilhas Maurício, Juliana e Larissa não tiveram trabalho para conquistar a primeira vitória no torneio de vôlei de praia dos Jogos de Londres 2012 neste sábado, 28 de julho. A dupla brasileira derrotou as adversárias por 2 sets a 0, com tranquilas parciais de 21/5 e 21/10, e agora se preparam para enfrentar as alemãs Katrin Holtwick e Ilka Semmler.

 

Holtwick e Ilka Semmler também iniciaram a disputa com um fácil triunfo diante das tchecas Hajeckova e Klapalova por 2 a 0 (21/16 e 21/18) neste sábado e dividem a liderança do Grupo A com a dupla verde-amarela. O confronto entre as brasileiras e alemãs acontece na próxima segunda-feira, 30 de julho.
 
"Estreia é sempre estreia e diante de um time fraco ou forte você sente aquele frio na barriga, aquela expectativa. Então estou muito feliz por termos conseguido jogar bem. Temia que a Juliana sentisse alguma coisa, ou eu mesma, mas correu tudo bem. O importante é sair com a vitória e se sentir bem em quadra", disse Larissa, que aposta em um duelo equilibrado contras alemãs. "Já jogamos várias vezes contra elas no Circuito Mundial e temos um histórico muito positivo, mas aqui a cada jogo tudo pode acontecer. Espero que a gente possa sair com mais uma vitória".
 
A comemoração de uma vitória fácil diante de uma dupla tecnicamente tão inferior pode parecer um exagero, mas Juliana lembra que confrontos de estreia muito desiguais podem gerar um certo desconforto.
 
"Se as coisas começam a dar certo para o outro time você já perde a paciência e comete erros. A gente precisava se concentrar para impor o nosso ritmo e não cometer erros. Se elas conseguirem com mérito delas, ótimo, mas não com erros nossos. No segundo set chegamos a tropeçar em alguns momentos, mas olhamos uma para a outra e vimos que não podíamos deixar aquilo acontecer", disse Juliana, que mal consegue esconder a felicidade por vivenciar o clima olímpico depois da frustração de Pequim 2008, quando sofreu uma lesão e ficou fora dos Jogos. "Eu queria muito estar aqui, e é ainda melhor do que eu estava esperando. Já ganhei muita coisa na minha vida, mas igual a isso eu nunca vi. Não consigo nem imaginar a sensação de ganhar uma medalha, só tenho certeza de que seria muito especial. É inacreditável, a arena está lotada, o pessoal interage com a gente. É maravilhoso".
 
Pouco antes de entrar em quadra, Larissa relembrou os momentos difíceis que viveu antes de sua última experiência olímpica e comemorou a oportunidade de disputar os Jogos ao lado da parceira. "Há quatro anos estávamos vivendo aquela coisa horrível, ela machucada, eu jogando com outra pessoa, e agora estamos aqui. Avisei a ela que momentos difíceis podem acontecer, mas disse que vou estar do lado dela no que for preciso".

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook