Duda da Silva fica em quinto lugar no Mundial | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Duda da Silva fica em quinto lugar no Mundial

Mauro Vinícius da Silva, o Duda, terminou em quinto lugar na prova do salto em distância do Campeonato Mundial de Atletismo / Foto: Eduardo Biscayart/CBAtMauro Vinícius da Silva, o Duda, terminou em quinto lugar na prova do salto em distância do Campeonato Mundial de Atletismo / Foto: Eduardo Biscayart/CBAt

Moscou - Mauro Vinícius da Silva, o Duda, terminou em quinto lugar na prova do salto em distância do Campeonato Mundial de Atletismo, disputado na sexta-feira, dia 16 de Agosto, no Estádio Olímpico de Moscou, com a marca de 8,24 m (0.6) - apenas 3 cm a menos do ganhador da medalha de bronze, o mexicano Luis Rivera. 
 
Embora não tenha alcançado o pódio, o atleta mostrou grande superação. Ele queimou as duas primeiras tentativas e, mesmo pressionado, passou para a segunda fase da final após o terceiro salto (8,09 m). Conseguiu o melhor resultado na sexta e última chance, mas não foi o suficiente para brigar por medalha.
 
"Tentei fazer o melhor e lutei muito até o último salto. Tive a sensação de ter ido mais longe, mas no final mantive a média da temporada", comentou Duda, campeão mundial indoor em Istambul-2012 e finalista em Londre-2012. "Não é fácil chegar aonde cheguei. É preciso treinar muito."
 
Duda não escondeu que sua expectativa era o pódio, apesar de reconhecer o mérito do campeão, o russo Aleksandr Menkov, com 8,56 m (0.2). "Ele vinha para o ouro e mostrou isso na prova toda. Busquei o melhor. A pista é muito rápida e acabei queimando saltos bons. Perdi a batalha, mas espero continuar entre os primeiros para a Olimpíada do Rio."
 
O melhor salto do atleta paulista nesta temporada foi de 8,31 m, obtida no Troféu Brasil/Caixa de Atletismo, em junho, em São Paulo. "Vou continuar competindo na Europa, espero superar ainda a marca nesta temporada e mostrar que a torcida brasileira não foi em vão", afirmou, mostrando sua expectativa. 
 
Menkov realmente saltou muito bem, conseguindo as três melhores marcas da prova (8,56 m, 8,52 m e 8,43 m). O holandês Ignisious Gaisah ficou com a medalha de prata, com 8,29 m (0.4), novo recorde de seu país, enquanto o mexicano Luis Rivera garantiu o bronze, com 8,27 m (0.6).

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook