Doping pode dar ao Brasil mais um ouro após fim do Pan; entenda

Brasil pode chegar a 42 ouros mesmo após o fim do Pan / Foto: Toronto 2015Brasil pode chegar a 42 ouros mesmo após o fim do Pan / Foto: Toronto 2015

Rio de Janeiro - Os Jogos Pan-Americanos de Toronto terminaram neste domingo, após mais de vinte dias de competição na cidade canadense. A delegação brasileira ficou em 3º lugar no quadro geral de medalhas, com 41 ouros, mas a situação ainda pode mudar. 

Isso porque um atleta, de país e modalidades não divulgadas pela Odepa (Organização Desportiva Pan-Americana), foi pego com substância proibida e deverá ter seu caso tornado público nos próximos dias. 
 
O Comitê Olímpico do Brasil (COB) já está ciente do caso mas poucos detalhes vieram a público até aqui. Sabe-se apenas que o infrator foi ouro na primeira semana do Pan de Toronto e que o país do atleta recorreu da decisão judicial. 
 
"Aconteceu um teste de uma prova que deu positivo, um atleta não brasileiro graças a Deus. Não posso falar quem, é sigilo, nem o esporte, mas o brasileiro foi prata. Esse que deu positivo foi ouro. Ele pediu a prova B e deu positivo de novo. Vai acontecer uma reunião da Odepa na quinta-feira e possivelmente... Possivelmente não, com certeza a medalha de ouro vai ser tomada desse país e o Brasil ganha mais uma de ouro e vamos para 42 medalhas de ouro. Mantendo as 141 medalhas", explicou ao UOL Esporte Marcus Vinicius Freire, superintendente do COB.
 
Veja Também: 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook