Novo circuito de slalom será parque aquático aos fins de semana | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Novo circuito de slalom será parque aquático aos fins de semana

Visão panorâmica do circuito de canoagem slalom, que também será área de lazer para a população depois dos Jogos / Foto: Esporte Alternativo

Rio de Janeiro - Após a polêmica invasão de moradores dos arredores do Parque Radical, em Deodoro, na zona norte do Rio, ao canal olímpico da canoagem slalom, o prefeito Eduardo Paes ratificou a promessa antiga de transformar o local numa espécia de parque aquático para a população da região. 

O esquema, porém, num primeiro momento, preocupou os atletas brasileiros, que já contavam com o novo circuito como um legado sem precedentes para a modalidade no Brasil. Para tentar agradar a todos, optou-se por um esquema de rodízio, conforme explica João Tomazini, presidente da CBCa (Confederação Brasiliera de Canoagem). 

"Estamos junto com a prefeitura, num uso público. Sábado e domingo para o público, do lazer da cidade. E nos dias de semana o uso esportivo da equipe nacional e do projeto Meninos do Rio. A nossa intenção, como confederação – e a prefeitura já entendeu isso -, é formar núcleos de cada bairro em volta, de cada cidade da baixada, e que eles disputem entre si, com uma rivalidade construtiva. Então esse é o crescimento que vai acontecer não só no pós Jogos. Em janeiro já começa esse trabalho com as escolas. É possível um canal de slalom ser público e ter um legado permanente", garante o dirigente. 

Circuito teve primeiro evento teste neste final de semana, em Deodoro / Foto: Esporte Alternativo

João acredita que a abertura do canal para lazer aos finais de semana não prejudicará o desenvolvimento do esporte. "Com isso a modalidade vai ter um desenvolvimento excepcional. O canal está muito bom, adequado para as duas visões do canal, pras Olimpíadas e pro legado, considerando o desenvolvimento da canoagem no país", afirma. 

Quem também garantiu que a instalação já está pronta para uso foi Rodrigo Garcia, diretor de esportes do Comitê Rio 2016. "Os atletas tem dado feedback positivo. Há um ano atrás todo mundo questionava se Deodoro ia ficar pronto ou não, hoje nós vemos os melhores atletas do mundo aqui, treinando. Deodoro praticamente está pronto, agora só falta fazer o evento teste de rugby e de pentatlo moderno no ano que vem, então agora só falta alguns ajustes mesmo", analisa, fazendo um paralelo com todos os esportes que serão disputados na região norte do Rio. 

E rebatendo críticas quanto à possibilidade do novo canal se tornar um elefante branco futuramente, Tomazini já elencou alguns eventos que serão sediados em Deodoro. "Nós temos em 2017 o mundial de canoagem freestyle e em 2018 o canoagem slalom sênior. E somos candidatos, com decisão a partir de março ou abril do ano que vem, ao campeonato mundial sub-23 de 2019", finaliza o presidente.

Veja Também: 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook