Altobeli obtém índice olímpico nos 3.000 m com obstáculos | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Altobeli obtém índice olímpico nos 3.000 m com obstáculos

Corredor venceu prova em etapa do Campeonato Paulista, em São Bernardo / Foto: Fernanda Paradizo (CBAt)

São Paulo - O paulista Altobeli Santos da Silva obteve neste final de semana o índice nos 3.000 m com obstáculos para disputar os Jogos Olímpicos Rio 2016.
 
Ele venceu a prova da 5ª Etapa do Campeonato FPA Sub-18, Sub-20 e Adulto, realizada na Arena Caixa, em São Bernardo do Campo (SP), com o tempo de 8:28.56, superando, assim, a marca mínima de 8:30.00, exigida pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF).
 
"Foi a minha segunda prova dos 3.000 m com obstáculos do ano e entrei na pista com o objetivo de correr em 8:26. Saí forte. Pena que corri sozinho. Se tivesse ajuda, acho que teria feito um tempo melhor", comentou o atleta nascido em Catanduva, no interior paulista, em 03 de dezembro de 1990.
 
Sem técnico desde janeiro, ele alternava corridas de rua com provas de 1.500, 5.000, 10.000 m. "Resolvi investir nos 3.000 m com obstáculos porque todo mundo me diz que corro meio errado e, mesmo assim, consigo bons resultados. Parei de correr na rua em função da Olimpíada e por isso estou mais feliz ainda", disse.
 
Convocado para disputar os 3.000 m com obstáculos e os 5.000 m no Ibero-Americano Caixa, de sábado (14) a segunda-feira (16), no Rio de Janeiro, ele recebe conselhos de muitos treinadores nas competições. Em São Bernardo, Ronicesse Felix de Lima (ASA São Bernardo/Caixa) ficou em segundo lugar na prova vencida por Altobeli, com 9:19.93, seguido por Anderson Dantas Ferreira (IEMA), com 9:20.11.
 
Com a qualificação do atleta, o País volta a ter um representante na especialidade após 20 anos. O último havia sido Clodoaldo Lopes do Carmo, nos Jogos de Atlanta, em 1996.
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook