Atletismo na reta final rumo a Londres

Atletas brasileiros competem na Holanda e na Polônia. Revezamento 4x100m feminino ainda tem uma vaga aberta/ Foto: DivulgaçãoAtletas brasileiros competem na Holanda e na Polônia. Revezamento 4x100m feminino ainda tem uma vaga aberta/ Foto: Divulgação

Londres- Na reta final de preparação para os Jogos Olímpicos Londres 2012, o atletismo brasileiro entra na pista neste sábado, dia 21, em duas competições na Europa. No Meeting de Amsterdã, na Holanda, o Brasil estará representado nos 800 m rasos (Fabiano Peçanha), 100m rasos e nos revezamentos 4x100 m masculino e feminino. Já a triplista Keila Costa irá disputar o Meeting de Szczecin, na Polônia.
 
Com a equipe masculina definida, as atenções se voltam para o quarteto feminino do revezamento 4x100 m. O técnico Katsuhiro Nagaya já escolheu três nomes: Ana Cláudia Lemos, Evelyn Oliveira e Rosangela dos Santos. A última vaga está entre Franciela Krasucki, Vanda Gomes e Tamiris de Liz.
 
 “Apesar de ter apenas 16 anos, já tenho uma boa experiência internacional. Se o técnico Nagaya me escolher para correr em Amsterdã, vou dar o melhor. A vaga olímpica é uma consequência do meu esforço”, disse Tamiris. “O fato de estar aqui é um prêmio pelo trabalho que venho desenvolvendo. Tenho condições de disputar os Jogos de Londres e vou continuar batalhando até o último dia”, comentou Vanda. “Estou evoluindo a cada dia e voltando à minha melhor condição física e técnica depois da contusão (ruptura muscular na coxa direita). Sei que é uma decisão difícil para a comissão técnica, mas vou continuar fazendo o melhor para garantir a última vaga”, afirmou Franciela.
 
VEJA TAMBÉM: Revezamento 4x400m feminino quer ficar entre os oito melhores do mundo
 
O técnico Nakaya reconhece que não é uma tarefa das mais fáceis definir o quarteto pelas qualidades de cada uma. “É muito bom para o Brasil ter atletas no mesmo nível porque aumenta o número de possibilidades da comissão técnica. Vamos aproveitar o Meeting para fazer alguns ajustes e observações, inclusive em relação à melhor ordem na formação. A definição completa só ocorrerá mais próximo da competição na Olimpíada”, analisou.
 
Segundo Nakaya um dos motivos para aumentar o número de atletas nas mesmas condições foram os campings e o trabalho da equipe multidisciplinar. “No Brasil, realizamos quatro campings nos meses de fevereiro, abril, maio e junho. Aqui em Londres está sendo o quinto. Essa possibilidade de reunir o grupo mais vezes é fundamental para o desenvolvimento individual e coletivo. Além disso, contamos com dois treinadores experientes, Paulo Cervo e Vitor Fernandes, e excelentes profissionais na uma comissão técnica”.    
 
No Meeting de Amsterdã, nas provas do revezamento 4x100m masculino e nos 100 m rasos, o Brasil será representado pelos velocistas Aldemir Gomes, Bruno Lins, Carlos Roberto Pio, José Carlos Moreira, Nilson Sodré e Sandro Viana.

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook