Fabiana disputa final do salto com vara no Mundial de Atletismo | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Fabiana disputa final do salto com vara no Mundial de Atletismo

Fabiana durante um salto / Foto: Agência Luz / BM&FBOVESPA

Pequim - Fabiana Murer volta ao Ninho do Pássaro na noite desta quarta-feira (dia 26) para a disputa da final do salto com vara, pelo Campeonato Mundial de Atletismo 2015, em Pequim, na China. Campeã mundial em Daegu 2011, na Coreia do Sul, a brasileira é novamente uma das que vão lutar por um lugar no pódio.
 
A prova começará às 19 horas locais (08 horas, em Brasília), no Estádio Nacional, o mesmo que foi o palco do torneio de Atletismo da Olimpíada de Pequim 2008.
 
Com 4,83 m, salto obtido na temporada indoor, Fabiana é uma das cinco finalistas que já superaram os 4,80 m, ao ar livre este ano. As outras são a cubana Yarisley Silva, campeã pan-americana em Toronto 2015, que tem 4,91 m; a norte-americana Jennifer Suhr, campeã olímpica em Londres 2012, com 4,82 m; a grega Nikoleta Kyriakopoulou, que tem 4,83 m; e a russa Anzhelika Sidorova, com 4,80 m.
 
"Estas são as que têm melhores marcas até agora, mas há várias outras atletas que vêm crescendo na temporada", diz Fabiana. "A Sandi Morris (Estados Unidos) tem 4,76 m e está bem, a Martina Strutz (Alemanha), tem 4,65 m, e saltou muito bem na prova de qualificação", explica Fabiana. Ela diz que espera uma prova forte, "com várias atletas lutando por um lugar no pódio".
 
Nos 200 m feminino, o Brasil terá duas representantes na preliminar: Rosângela Santos na série 6, às 19:50 (08:50), e Vitória Rosa na série 7, às 19:57 (08:57).
 
Na parte da manhã tem Jean Casimiro Rosa, na qualificação do salto triplo, às 10:00 (23:00 de terça-feira, em Brasília); Flávia Maria de Lima, na preliminar dos 800 m, às 10:33 (23:33); Éder Souza, Jonatha Mendes e João Vitor de Oliveira, na preliminar dos 110 m com barreiras, a partir das 11:20 (00:20).
 
Nesta terça-feira, apenas dois brasileiros competiram, ambos nos 200 m masculino: Bruno Lins foi o quinto na série 2, com 20.42, e Aldemir Gomes da Silva Júnior, sexto na série 7, com 20.59. Assim, não passaram à fase semifinal.
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook