São definidas últimas vagas da Brazil International Badminton Cup | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

São definidas últimas vagas da Brazil International Badminton Cup

Foto: João Pires/Fotojump

São Paulo - A 30ª edição da Brazil International Badminton Cup conheceu na manhã desta quarta-feira (dia 21) os últimos classificados para a chave principal da disputa masculina.
 

No ginásio do Club Athletico Paulistano, em São Paulo, seis atletas brasileiros garantiram o direito de seguir na competição que conta pontos para o o ranking mundial da Federação Mundial de Badminton (BWF). O ranking é o critério de classificação para os Jogos Olímpicos Rio 2016. Nesta quinta-feira (dia 22), as partidas da chave principal começam às 10h (de Brasília).

Três partidas do qualifying foram realizadas na manhã desta quarta. Vinicius Gori derrotou Thiago Silva Gomes, por 2 sets a 0, parciais de 21-12 e 21-18. Igor Ibrahim passou por Bruno Soares de Moura, por 2 sets a 0, parciais de 21-3 e 21-1. E Luiz Eduardo Martinez venceu Rafael Aurichio, por 2 sets a 0, parciais de 21-11 e 21-14. Luiz Martin não precisou jogar e eliminou Jonas Batista por W.O. Ficaram de bye no qualifying e já estavam garantidos na chave principal Rafael Lajusticia e Pedro Kawakami.
 
"O jogo foi bom, treinei muito para este campeonato. É a segunda vez que vou disputar a chave principal deste torneio. Estou muito focado e confiante. Terei um brasileiro pela frente e espero que dê tudo certo", disse Vinicius Gori que, na primeira rodada, vai enfrentar o compatriota Lucas da Silva. Igor Ibrahim encara o mexicano Lino Muñoz (116º). Luiz Eduardo Martinez terá pela frente Luiz Martin. Rafael Lajusticia terá um páreo duro: o cabeça de chave número dois do torneio, o tcheco Milan Ludik (65º). E Pedro Kawakami encara o dominicano William Cabrera (241º).
 
Principais nomes - Cabeça de chave número um da disputa de simples, Kevin Cordón, atual 51º no ranking mundial, estreia nesta quinta-feira contra o italiano Giovanni Greco (148º). O guatemalteco de 28 anos venceu seis dos 11 torneios que disputou em 2015, incluindo os Jogos Pan-Americanos de Toronto, competição na qual é bicampeão. Outros destaques estrangeiros são o austríaco David Obernosterer (60º), Milan Ludik, a indiana Saili Rane (67ª), a austríaca Elisabeth Baldauf (70ª) e a italiana Jeanine Cicognini (72ª).
 
Os brasileiros também estreiam na quinta-feira. Ygor Coelho (71º) encara Kari Gunnarsson (261º), da Islândia. Daniel Paiola (77º) enfrenta o turco Enis Sesalan (165º). E Alex Tjong (110º) terá pela frente outro turco, Emre Vural (133º). Entre as mulheres, Fabiana Silva (77ª) aguarda a vencedora do confronto entre a compatriota Gabriela Santos (386ª) e a turca Ebru Yazgan (95ª). Já Lohaynny Vicente (66ª) espera a ganhadora do duelo entre a mexicana Haramara Gaitan (99ª) e Elisabeth Baldauf.
 
“O torneio está com um grande nível e estou muito motivado para jogar em casa. Espero ter um bom desempenho”, disse Paiola. A compatriota Fabiana Silva também ressaltou o bom nível da competição. “Tem diversos estrangeiros. São adversários bem fortes, mas nossa expectativa é a melhor possível. Vamos jogar em casa e temos chance de obter grandes resultados”.
 
A disputa de duplas terá início na tarde de quinta-feira. No masculino, os destaques são Daniel Paiola e Hugo Arthuso (59º) e os italianos Giovanni Greco e Rosario Maddaloni (61º). Entre as mulheres, os principais nomes são as irmãs Lohaynny e Luana Vicente (47ª) e as peruanas Daniela Macias e Danica Nishimura (75ª). Nas mistas, destacam-se os austríacos David Obernosterer e Elisabeth Baldauf (58º), Alex Tjong e Luana Vicente (62º) e Hugo Arthuso e Fabiana Silva (94º).
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook