Núbia Soares comemora melhor início de temporada em Salamanca

Núbia Soares, melhor início de temporada   / Foto: Wagner Carmo/CBAtNúbia Soares, melhor início de temporada / Foto: Wagner Carmo/CBAt

Bragança Paulista - A brasileira Núbia Soares iniciou sua melhor temporada neste fim de semana no XXIII Troféi Internacional da Cidade de Salamanca - Memorial Carlos Gil Pérez, na Espanha. 
 
A atleta fez 14,15 m (1.5) no salto triplo e venceu a competição no sábado (8/6). A marca obtida por Núbia supera o índice para os Jogos Pan-Americanos de Lima, Peru (13,60 m) e é a 14ª do mundo em 2019.
 
Em Salamanca, Ana Oliveira, de Portugal, ficou em segundo (13,53 m e 2.3) e Patrícia Sarrapio Martin, de Playas de Castellon, em terceiro (13,26 m e 1.1).
 
Núbia (Orcampi Unimed), mineira de Lagoa da Prata, recordista brasileira do salto triplo (14,69 m) e terceira do Ranking Mundial da IAAF em 2018, queimou dois saltos na prova e fez quatro tentativas válidas, três delas de 14 metros ou acima (14,00 m, 14,15 m, 14,07 m e 13,54 m).
 
"Foi meu melhor início de temporada. No ano passado eu comecei com 13,80 m e nesta já evoluímos, mesmo ainda errando. Sinto que posso melhorar muito. Fiquei um pouquinho insatisfeita com a marca, mas com a certeza de que a próxima será muito melhor", disse Núbia. O índice para o Mundial de Doha, no Catar, é 14,20 m.
 
Núbia está vivendo e treina em Guadalajara, Espanha, com o cubano Ivan Pedroso, campeão olímpico e tetracampeão mundial no salto em distância, depois da morte do técnico brasileiro Aristides Junqueira, o Tide, em fevereiro de 2018.
 
A saltadora disse que volta a competir dia 20, em Huelva, na Espanha, e está aguardando a confirmação para etapas da Liga Diamante.
 
Mais índices superados - No Campeonato Estadual Caixa de Atletismo de São Paulo, em São Bernardo do Campo, no sábado (8/6), Kleberson David Krasucki (Pinheiros) venceu os 800 m com a marca 1:47.88 e superou índice para os Jogos Pan-Americanos de Lima (1:48.80). Lucas da Silva Carvalho (PR) ganhou os 400 m, com 46.03, também superando o índice para o Pan (46.10).
 
Neste domingo (9/6), mas alguns índices para o Pan foram alcançados no Estadual de São Paulo, nos 10.000 m, com Gilmar Silvestre (MG), com 29:36.22 e Johnatas de Oliveira Cruz (Fumguaru), com 29:37.99. 
 
Veja Também: 
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook