Sai a lista final da equipe brasileira de badminton que fará intercâmbio | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Sai a lista final da equipe brasileira de badminton que fará intercâmbio

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

São Paulo - Devido ao fato da comissão responsável aguardar a confirmação dos participantes, além de detalhes da viagem e documentos que foram fornecidos pelo Governo Chinês, somente na sexta (11) se teve a possibilidade de finalizar os presentes documentos, em face, também, do acúmulo de trabalho. 
 

Mas o importante é que esta é a primeira vez que a CBBd participa de uma cooperação Brasil e China. E isso é uma garantia a mais e um excelente momento que a modalidade passa. Uma credibilidade conquistada referente a uma gestão de resultados positivos. E desde então, é preciso ter muita precaução para se evitar transtornos.

O acordo de cooperação entre os países foi assinado em 19 de maio deste ano de 2.015 pelo ministro do Esporte, George Hilton, e pelo ministro do Comércio chinês, Gao Hucheng. A cerimônia foi realizada no Palácio do Planalto durante evento em que presidenta recepcionou o primeiro ministro da China, Li Keqiang, para a assinatura de diversos acordos de cooperação.
 
O valor investido pelo governo chinês prevê a cobertura das despesas dos atletas brasileiros na China, incluindo passagens de ida e volta, hospedagem, alimentação, estrutura de treino e logística de transporte.
 
Conforme pedido do Ministério do Esporte – ME, afim de atender a solicitação do Governo Chinês.
 
Segue detalhes: 1 – Preencher Formulário de Inscrição
 
2 – Preencher Formulário de Solicitação do Visto e ter foto colorida com fundo branco.
 
3 – Atestado Médico – apto para os treinamentos e para a viagem, com o carimbo do CRM do médico.
 
4 - Como definido na Convocação, os custos do visto e viagens internas, são de responsabilidade do atleta e técnico.
 
5 - O embarque para China será em São Paulo e todos devem se apresentar no aeroporto de Guarulhos.
 
6 - Sobre a data da viagem e horários, somente estaremos informando, assim que as passagens forem emitidas pelo governo chinês.
 
7 - O governo Chinês não emitirá seguro de viagem. O mesmo assumirá todos os custos de atendimento médico necessários, durante o período do treinamento na China. Caso, alguém queira fazer seguro para viagens, em função de bagagens, etc, pode ser feito e a responsabilidade é de cada atleta e ou técnico.
 
8 - O governo Chinês será responsável, pelo transporte aéreo, transporte local, hospedagem, alimentação e atendimento de emergência / saúde. Demais despesas, serão de responsabilidade dos atletas e técnicos, como: Custos do Visto, custos de envio de documentos para Brasília, transporte interno no Brasil.
 
9 - Local - Centro de Treinamento do Badminton, será em CHANGSHAO – Província de HUNAN.
 
10 - Os passaportes, após estarem com o visto, serão enviados para o CT em Campinas e entregues aos atletas e técnicos que estiverem em Campinas e os demais serão entregues no aeroporto de guarulhos, no dia do embarque.
 
11 - Atenção: TODOS OS MENORES DEVEM ESTAR COM AUTORIZAÇÃO DE VIAGEM PARA O EXTERIOR. Esta autorização deverá ser emitida por cada atleta menor conforme legislação – reconhecimento de firma por autenticidade em cartório pelo Pai e Mãe.
 
O menor que não estiver com esta documentação, não irá embarcar. Tirar 02 vias desta autorização, pois uma normalmente ficará na Polícia Federal do Brasil, no embarque.
 
Passaremos novos detalhes, assim que recebermos informações do ME.
 
Portanto, a CBBd parabeniza aos atletas e técnicos que participarão deste projeto e aproveitem a grande oportunidade.
 
É ressaltado que a escolha dos participantes atendeu o critério técnico em conjunto com a possível formação de uma equipe para competir em 2020, 2024, 2028 e foram observados resultados em campeonatos panamericanos, sulamericanos, circuito nacional.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook