Extreme Teams Challenge oficializa regulamentos

Doda Miranda e Marcello Artiaga idealizadores do XTC que vai agitar 2019   / Foto: DivulgaçãoDoda Miranda e Marcello Artiaga idealizadores do XTC que vai agitar 2019 / Foto: Divulgação

São Paulo - O regulamento do Extreme Teams’ Challenge (XTC), inédita competição por equipes entre abril a dezembro de 2019 que vai distribuir por volta de R$ 2 milhões em espécie, está aprovado pela Confederação Brasileira de Hipismo (CBH). 
 
Idealizado e organizado pelo medalhista olímpico e pan-americano Alvaro Affonso de Miranda Neto, o Doda, e pelo medalhista pan-americano treinador Marcello Artiaga, o XTC contará com 8 etapas e um PlayOff, que serão realizados em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Campinas (SP) – sob a supervisão da Federação Paulista de Hipismo, Federação Equestre do Estado do Rio de Janeiro e Federação Paranaense de Hipismo, com a chancela da Confederação Brasileira de Hipismo. Até 16 equipes, compostas por 7 a 10 atletas, podem participar.
 
O regulamento do Extreme Teams’ Challenge 2019 das 8 etapas da competição e o regulamento para o Playoff foram aprovados e assinados pela CBH praticamente sem nenhuma alteração. A única sugestão feita pela entidade foi em relação à janela para a inclusão de novos cavaleiros às equipes. A formação das equipes está bem avançada e será divulgada na semana que vem juntamente com lançamento do portal do evento.
 
Originalmente, as equipes teriam de definir seus atletas até 21 de janeiro e só poderiam alterar a lista em julho. Com a sugestão da CBH no regulamento, as equipes com 7, 8 ou 9 cavaleiros e/ou amazonas não ficam mais limitadas ao período estabelecido anteriormente na janela de inclusão e podem agora incluir atletas adicionais, durante toda a temporada,respeitado o limite máximo de 10 atletas , desde que, até 7 dias antes da próxima competição do XTC.
 
“Fora esta sugestão, o regulamento foi integralmente aprovado, o que demonstra, de forma inequívoca, que a Confederação Brasileira de Hipismo, as Federações Estaduais e os Clubes envolvidos darão todo o apoio ao projeto e consideram o Extreme Teams’ Challenge de grande importância para a continuidade da evolução do Hipismo Brasileiro, tanto organizacional quanto tecnicamente”, destaca Marcello Artiaga, organizador do XTC.
 
Calendário definido – Com a participação de competidores de todo o país, abrangendo de amadores e jovens promessas do hipismo brasileiro a consagrados ginetes com experiência internacional, o Extreme Teams Challenge terá uma programação em 9 atos, sendo 8 competições na temporada regular, de abril a novembro, e um PlayOff, em dezembro. Em cada competição, a cidade-sede será a capital do hipismo no Brasil. 
 
Abaixo a relação de etapas, datas e locais de competição:
 
1ª Etapa – Sociedade Hípica Paulista (São Paulo,SP) – de 04 a 07 de abril
2ª Etapa – Sociedade Hípica Paranaense (Curitiba, PR) – de 25 a 28 de abril
3ª Etapa – Clube Hípico de Santo Amaro (São Paulo,SP) – de 30 de maio a 02 de junho
4ª Etapa – Haras Albar (Campinas,SP) – de 07 a 09 de junho
5ª Etapa – Sociedade Hípica Paulista (São Paulo, SP) – de 13 a 16 de junho
6ª Etapa – Clube Hípico de Santo Amaro (São Paulo,SP) – de 04 a 08 de setembro
7ª Etapa – Sociedade Hípica Paulista (São Paulo, SP) – de 25 a 29 de setembro
8ª Etapa – Sociedade Hípica Brasileira (Rio de Janeiro, RJ) – de 21 a 24de novembro
PlayOff – Sociedade Hípica Paulista (São Paulo,SP) – de 05 a 08 de dezembro
 
Veja Também: 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

Rio 2016

Hortência dá conselhos ao filho:  "Vila Olímpica é disneylândia sexual"

{vimeo}152147861{/vimeo}

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook