O melhor da Ginástica Rítmica em 2018

Natália Gaudio / Foto: Ricardo Bufolin/CBGNatália Gaudio / Foto: Ricardo Bufolin/CBG

São Paulo - A temporada de competições internacionais da Seleção Brasileira de Conjunto de Ginástica Rítmica foi aberta com a participação na Copa do Mundo de Guadalajara (ESP), em maio. Na final de cinco arcos, as brasileiras terminaram na sétima posição, ao lado de grandes potências da modalidade.
 
A segunda etapa da Copa do Mundo aconteceu também em maio, em Portimão (POR) e as brasileiras mostraram uma evolução ainda melhor. O conjunto chegou às finais da série de cinco arcos e no conjunto misto (três bolas e duas cordas), terminando em quarto lugar nas duas provas. No individual, um feito inédito: Natália Gaudio foi a primeira brasileira a avançar para uma final de Copa do Mundo, terminando em quarto lugar.
 
Na disputa dos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba (BOL), em junho, as brasileiras faturaram oito ouros e três pratas. O Brasil venceu todas as disputadas da modalidade na Bolívia.
 
Em setembro, o Brasil participou do Mundial de Ginástica Rítmica em Sofia (BUL). No individual, o melhor resultado foi de Natália Gaudio, que ficou em 24º na fita e ficou entre as 48 melhores no individual geral. Já a seleção de conjunto cumpriu seu objetivo, ao ficar em 18º lugar e se classificar para o Mundial de 2019, que definirá vagas para a Olimpíada de Tóquio-2020.
 
Ainda em setembro, o principal resultado da rítmica em 2018 aconteceu na disputa do Pan-Americano da modalidade, em Lima (PER). O Brasil somou seis medalhas na competição. O melhor resultado veio na final dos cinco arcos, o conjunto brasileiro conquistou a medalha de ouro alcançando a maior nota na história (20,950) de uma equipe das Américas em eventos internacionais. Além disso, alcançou o objetivo de classificar o individual e o conjunto para os Jogos Pan-Americanos de Lima-2019.
 
Veja Também: 
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook