Brasil na Argentina em busca de mais um título Sul-Americano | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Brasil na Argentina em busca de mais um título Sul-Americano

A Seleção Brasileira está pronta para disputar mais uma edição do Campeonato Sul-Americano de Atletismo, que este ano será realizado de quinta-feira a domingo próximo, em Buenos Aires / Foto: Esporte AlternativoSão Paulo - A Seleção Brasileira está pronta para disputar mais uma edição do Campeonato Sul-Americano de Atletismo, que este ano será realizado de quinta-feira a domingo próximo, em Buenos Aires, na Argentina. A equipe nacional compete como favorita, já que não perde desde 1975, quando foi campeão, no Rio de Janeiro.

 

A delegação desembarcou na Argentina nesta terça-feira, dia 31 de Maio, em dois grupos, com um total de 78 atletas (39 no masculino e 39 no feminino). As provas acontecerão no Cenard, no bairro de Nuñes, na capital argentina, que recebe novamente o evento, depois de 44 anos.

O Brasil levou uma equipe forte para o Sul-Americano, comandada pela campeã olímpica em Pequim 2008, Maurren Maggi, do salto em distância, e por Fabiana Murer, campeã mundial indoor em Doha 2010, do salto com vara. No feminino, a equipe busca o 21º título consecutivo, enquanto no masculino o objetivo é a 20ª vitória em sequência.

Nesta quarta-feira, os atletas deverão conhecer as duas pistas do Centro Nacional de Alto Rendimento Desportivo (Cenard), que fica ao lado ao Estádio Monumental de Nuñes, do popular time de futebol River Plate.

Os organizadores do evento realizarão entrevista coletiva com alguns destaques da competição, a partir das 12:30, no salão Rio Colorado do Hotel Pan-Americano de Buenos Aires. Na quinta-feira, primeiro dia de torneio, estão previstas dez finais: salto em distância feminino, arremesso do peso feminino, 5.000 m feminino, 5.000 m masculino, arremesso do peso masculino, salto em distância masculino, 110 m com barreiras masculino, 100 m com barreiras feminino, 100 m feminino e 100 m masculino.

"A grande preocupação com o Sul-Americano é com o frio que está fazendo em Buenos Aires", comentou Fabiana Murer, recordista sul-americano do salto com vara com 4,85 m e número 1 do Ranking Mundial da temporada com 4,65 m. "O segredo é fazer um bom aquecimento. Vou tentar a vitória, sem me preocupar por buscar recordes e correr o risco de uma contusão", completou Fabiana.

Maurren Maggi concorda. "O frio sempre é uma preocupação a mais. Temos de caprichar no aquecimento e vestir o agasalho após cada salto. O importante no Sul-Americano será a regularidade e o título de campeã, meu objetivo maior", disse a atleta, que já saltou 6,89 m nesta temporada e ocupa o 2º lugar no Ranking da IAAF.

Abaixo, a lista de todos os Campeonatos Sul-Americanos e seus campeões. O torneio masculino teve início em 1919 e o feminino, em 1941. No masculino, foram 27 títulos para o Brasil, 11 para a Argentina, 6 para o Chile e 2 para a Venezuela. No feminino, o Brasil ganhou 28, a Argentina 4 e o Chile 3.

TODOS OS SUL-AMERICANOS

Primeira fase, só torneios masculinos:
1 - 1919 - Montevidéu (URU) - Chile campeão
2 - 1920 - Santiago (CHI) - Chile campeão
3 - 1924 - Buenos Aires (ARG) - Argentina campeã
4 - 1926 - Montevidéu (URU) - Argentina campeã
5 - 1927 - Santiago (CHI) - Chile campeão
6 - 1929 - Lima (PER) - Argentina campeã
7 - 1931 - Buenos Aires (ARG) -Argentina campeã
8 - 1933 - Montevidéu (URU) - Argentina campeã
9 - 1935 - Santiago (CHI) - Chile campeão
10 - 1937 - São Paulo (BRA) - Brasil campeão
11 - 1939 - Lima (PER) - Argentina campeã

Segunda fase, torneios masculinos e femininos:
12 - 1941 - Buenos Aires (ARG) - Brasil masculino e Argentina feminino
13 - 1943 - Santiago (CHI) - Chile masculino e feminino
14 - 1945 - Montevidéu (URU) - Brasil masculino e Chile feminino
15 - 1947 - Rio de Janeiro (BRA) - Argentina masculino e feminino
16 - 1949 - Lima (PER) - Argentina masculino e Brasil feminino
17 - 1952 - Buenos Aires (ARG) - Argentina masculino e feminino
18 - 1954 - São Paulo (BRA) - Brasil masculino e feminino
19 - 1956 - Santiago (CHI) - Brasil masculino e Chile feminino
20 - 1958 - Montevidéu (URU) - Brasil masculino e feminino
21 - 1961 - Lima (PER) - Argentina masculino e Brasil feminino
22 - 1963 - Cáli (COL) - Venezuela masculino e Brasil feminino
23 - 1965 - Rio de Janeiro (BRA) - Brasil masculino e feminino
24 - 1967 - Buenos Aires (ARG) - Argentina masculino e Brasil feminino
25 - 1969 - Quito (ECU) - Chile masculino e Brasil feminino
26 - 1971 - Lima (PER) - Brasil masculino e Argentina feminino
27 - 1974 - Santiago (CHI) - Venezuela masculino e Brasil feminino
28 - 1975 - Rio de Janeiro (BRA) - Brasil masculino e feminino
29 - 1977 - Montevidéu (URU) - Brasil masculino e feminino
30 - 1979 - Bucaramanga (COL) - Brasil masculino e feminino
31 - 1981 - La Paz (BOL) - Brasil masculino e feminino
32 - 1983 - Santa Fé (ARG) - Brasil masculino e feminino
33 - 1985 - Santiago (CHI) - Brasil masculino e feminino
34 - 1987 - São Paulo (BRA) - Brasil masculino e feminino
35 - 1989 - Medellín (COL) - Brasil masculino e feminino
36 - 1991 ¬- Manaus (BRA) - Brasil masculino e feminino
37 - 1993 - Lima (PER) - Brasil masculino e feminino
38 - 1995 - Manaus (BRA) - Brasil masculino e feminino
39 - 1997 - Mar del Plata (ARG) - Brasil masculino e feminino
40 - 1999 - Bogotá (COL) - Brasil masculino e feminino
41 - 2001 - Manaus (BRA) - Brasil masculino feminino
42 - 2003 - Barquisimeto (VEN) - Brasil masculino feminino
43 - 2005 - Cali (COL) - Brasil masculino e feminino
44 - 2006 - Tunja (COL) - Brasil masculino e feminino
45 - 2007 - São Paulo (BRA) - Brasil masculino e feminino
46 - 2009 - Lima (PER) - Brasil masculino e feminino
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook