Brasil disputa mundial da classe Nacra 17 a partir deste domingo

João Bulhões e Gabriela Nicolino / Foto: DivulgaçãoJoão Bulhões e Gabriela Nicolino / Foto: Divulgação

São Paulo - A Equipe Brasileira de Vela inicia neste domingo (dia 5) mais uma etapa na disputa pela vaga na classe Nacra 17 nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Em Aarhus, na Dinamarca, as duplas do Brasil disputam o Mundial. Estarão presentes no evento Juliana Mota/Andres Leandro Azabuya, João Bulhões/Gabriela Nicolino e André Mirsky/Kyra Mirsky. Dupla recém-formada, Samuel Albrecht/Isabel Swan não estão inscritos.
 
Para definir os representantes na Rio 2016, a Confederação Brasileira de Vela (CBVela) adotou o critério de avaliação do desempenho nas principais competições nacionais e internacionais em 2013,2014 e 2015. Por meio de análises dos resultados, o Conselho Técnico da Vela (CTV) define o representante. Em caso de dúvida, a Copa Brasil de Vela, no Rio, em dezembro, servirá como seletiva final.
 
 
Já estão garantidos na Rio 2016 por conta dos resultados obtidos nas principais competições em 2013, 2014 e 2015: Martine Grael e Kahena Kunze, na classe 49erFX, Jorge Zarif, na Finn, Patrícia Freitas, na RS:X feminina, Ricardo Winick Santos, o Bimba, na RS:X masculina, e Fernanda Oliveira e Ana Barbachan, na 470 feminina.
 
 
“Nosso objetivo principal é conseguir a classificação para a flotilha ouro, resultado nunca antes alcançado pelo Brasil na classe Nacra 17 em um Mundial. Esperamos que todo o nosso treino e esforço deem resultado na mais importante competição do ano”, disse João Bulhões.
 
 
A fase de classificação será dividia em duas flotilhas – azul e amarela -, entre os dias 5 e 7. Na fase final, nos dias 8, 9 e 10, as duplas serão divididas nas flotilhas ouro e prata de acordo com os resultados obtidos durante a classificação. No dia 10, as dez melhores duplas deixam a flotilha ouro para competir na regata da medalha. Nas duas fases, a programação prevê três regatas diárias, exceto no dia 10 quando serão realizadas uma regata para a flotilha prata, uma para a ouro e a regata da medalha.


Veja Também: 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook