Copa do Mundo de Velocidade começa sexta em Portugal | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Copa do Mundo de Velocidade começa sexta em Portugal

Equipe brasileira competirá entre os maiores nomes da canoagem mundial / Foto: Divulgação

Rio de Janeiro - A equipe brasileira de Canoagem Velocidade tem um desafio importante pela frente esta semana: se confirmar como uma das principais equipes mundiais no esporte. Começa na sexta-feira, 15 de maio, a primeira etapa da Copa do Mundo de Canoagem Velocidade, em Montemor-o-Velho, Portugal. Disputando medalhas estão equipes de países que são referência no esporte, como Canadá, Áustria, Espanha, Hungria e Polônia, além dos sul-americanos Brasil e Argentina. 
 
Nesta primeira etapa da Copa do Mundo a equipe brasileira contará apenas com os atletas do caiaque e da canoa feminina, os atletas da canoa masculina reforçam o time somente para a segunda etapa da Copa do Mundo a ser realizada em Duisburg, na Alemanha.
 
“Nosso principal objetivo é aferir o nível de nossos atletas em comparação às outras equipes internacionais”, informa Rui Fernandes, técnico da equipe de caiaque masculino. O grupo, que treina em Curitiba, está satisfeito com o trabalho realizado e espera bons resultados. “Os treinos correram bem, nenhum atleta sofreu lesões, então pretendemos nos sair bem nesta etapa”, declara o técnico. Rui, que é português, espera que os conterrâneos torçam pelo Brasil: “não só porque sou de lá, mas porque os portugueses sempre apoiaram os brasileiros”, destaca.
 
Os atletas Celso Dias de Oliveira Junior e Edson Isaias Freitas da Silva, o Edinho, já conhecem a hospitalidade portuguesa, pois tiveram a oportunidade de treinar em Montemor-o-Velho no ano passado. Para Edinho, qualquer milésimo conta: “nós vamos disputar com os principais candidatos a vagas olímpicas, os mesmos que devem estar no mundial da Itália concorrendo a vagas para 2016. Vamos lutar para alcançar o menor tempo possível” declara ele. Hans Heinrich Mallmann, parceiro de Edinho na prova K2 200, está animado: “É minha estreia em Copas do Mundo, vou dar o meu melhor. Todos os atletas têm tempos muito próximos de prova, faremos o possível para diminuir o nosso” enfatiza.
 
O atleta Celso Dias de Oliveira Junior se declarou confiante: “Fomos bem no Sul-americano e fizemos um bom trabalho de base. As expectativas são as melhores possíveis” revela. Para Roberto Maehler, atleta do caiaque, a Copa apresenta um novo desafio: “Estou dando prioridade para os barcos de equipe. Estamos ansiosos para ver como vamos nos sair em grupo no mundial” diz.
 
Figueroa Conceição Souza, técnico da canoa feminina sênior, enfatizou que as provas serão bem disputadas: “Nosso treino é forte, mas é melhor não falar em medalhas por enquanto. A Valdenice Conceição, por exemplo, vai competir com uma atleta canadense que é dez vezes campeã. A Espanha também é forte”, enfatiza. A Copa do Mundo é muito importante para a equipe nacional, tendo em vista a forte concorrência: “Vai servir como um teste, para medir em que pé estamos frente aos campeões de hoje. Sabemos que estamos bem, a Confederação nos dá uma boa estrutura de treino e o nível dos atletas está forte”, afirma.
 
A equipe brasileira possui na sequência a 2ª etapa da Copa do Mundo de Canoagem Velocidade, que será realizada em Duisburg, na Alemanha, de 22 a 24 de maio.
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook