Brasília receberá novo Centro Nacional de Treinamento de Badminton | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Brasília receberá novo Centro Nacional de Treinamento de Badminton

Maquete eletrônica ilustrativa do Ginásio de Badminton / Foto: DivulgaçãoMaquete eletrônica ilustrativa do Ginásio de Badminton / Foto: Divulgação

Brasília - O Centro Olímpico da Universidade de Brasília deve ser completamente reformado até julho de 2014. Com verba de R$ 22,6 milhões do Ministério do Esporte, será construída uma quadra para a prática do Badminton, além de outras obras para outras modalidades esportivas. Todas as obras e reformas fazem parte do projeto de criação do Centro de Treinamento e Formação em Esporte de Alto Rendimento (Cetrese/UnB).
 
A reforma deve atender a dois grandes eventos, principalmente: a Gymnasiade 2013, as olímpiadas da educação básica; e os jogos mundiais universitários, a Universíade, em 2019 (Brasília é uma das candidatas a abrigar o evento). “Teremos uma estrutura de primeira linha. Seguramente teremos as melhores pistas de atletismo do País”, disse o professor Alexandre Rezende, diretor da Faculdade de Educação Física.
 
O ginásio de Badminton servirá de base para a seleção brasileira e para abrigar projetos de extensão e massificação do esporte. A previsão é que em julho de 2014 os atletas profissionais e amadores possam usufruir da estrutura, que será construída onde hoje estão as quadras de tênis do Centro Olímpico. Os recursos do Ministério do Esporte ainda contemplam a elaboração do projeto para um terceiro ginásio da UnB, com capacidade para 2 mil pessoas. O projeto será feito pelo arquiteto Márcio Villas Boas e está orçado em R$ 640 mil.
 
De acordo com André Reis, diretor do Centro Olímpico, Brasília será uma forte candidata para sediar a Universíade de 2019. No ano passado, a capital perdeu para Taipei, na escolha da sede para os Jogos de 2017. “Em outubro do ano que vem, haverá inspeções às nossas obras. Teremos condições de mostrar que estamos trabalhando firme para receber a competição”, afirmou.
  
R$ 690 mil deve ser investido por parte da UnB. Segundo o diretor da Faculdade de Educação Física da UnB, Alexandre Rezende, as instalações têm a missão de proporcionar equipamentos de qualidade para os atletas e para a comunidade acadêmica. “As instalações não servirão somente para as competições nacionais e internacionais, mas para entrar na cultura esportiva da cidade. O quanto antes as instalações ficarem prontas, serão inseridas no cotidiano e no alcance social mais abrangente”, disse.
 
Com a construção do Centro de Treinamento Nacional de Badminton, a capital federal se tornará um dos polos da modalidade no País. Com a instalação, os melhores atletas da modalidade irão realizar os treinamentos voltados para representar o país nas competições nacionais e internacionais.

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook