Bom começo no salto

Doda, José Roberto Reynoso e Rodrigo Pessoa saltam bem na primeira classificatória individual da modalidade do hipismo/ Foto: Valterci Santos/AGIF/COB

Londres- Álvaro Affonso de Miranda, o Doda, e José Roberto Reynoso zeraram o percurso na primeira classificatória individual do salto do hipismo neste sábado, 4 de agosto, em Greenwich Park. Os dois dividem o primeiro lugar com outros 30 cavaleiros, que também zeraram suas provas. Campeão olímpico individual em Atenas (2004) e medalha de bronze por equipes em Atlanta (1996) e Sidney (2000), Rodrigo Pessoa também passou bem pelos obstáculos, mas recebeu um ponto de penalidade por ter estourado o tempo máximo de 82 segundos, terminando o percurso em 83s24.
 
“Como hoje é só para classificação, esse ponto não tem muita importância. Quis dar tempo para o cavalo se acostumar, e não poderia esperar melhor saída para ele”, avaliou Rodrigo, satisfeito com sua prova e com seu cavalo, Rebozo.
 
Ainda haverá duas classificatórias. Ao final dos três dias, os 35 primeiros colocados passam para a primeira volta da final, já com seus pontos zerados. Os 20 mais bem colocados na primeira volta vão para a segunda e última volta. Rodrigo, Doda e Zé Roberto começaram bem a caminhada até lá. “É minha quinta Olimpíada e percebi que meu cavalo está numa forma muito boa. As perspectivas de medalha são reais”, afirmou Doda, bronze por equipes em Atlanta (1996) e Sydney (2000), e que salta com Rahmannshof’s Bogeno.
 
Para José Roberto Reynoso, estreante em Jogos Olímpicos, a prova de adaptação, feita na véspera, foi fundamental para que ele e seu cavalo, Maestro St. Louis, fizessem um percurso perfeito. “Tivemos um problema ontem, mas houve tempo de corrigir. Foi um longo trabalho até chegar aqui”, comentou o cavaleiro.
 
O quarto integrante da equipe brasileira, Carlos Motta Ribas, o Cacá Ribas, não foi bem. Seu cavalo, Wilexo, refugou duas vezes, e Cacá acabou eliminado da prova individual. “Esperava tudo, menos isso”, lamentou Cacá, também estreante em Jogos Olímpicos: “Mas é assim mesmo, acontece no esporte. Ainda sinto que posso ajudar a equipe”.
 
A primeira classificatória por equipes acontece neste domingo, 5 de agosto. Rodrigo Pessoa, que acumula a função de técnico da seleção, explica que um trabalho será feito para que Cacá e Wilexo se saiam melhor dessa vez. “Esta tarde vamos fazer um treino para dar confiança ao Cacá e ao cavalo”, disse ele, confiante no grupo: “Podemos brigar de igual para igual com qualquer um”.

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook