COB apresenta Projeto Vivência Olímpica

Jovens do COB/ Foto: Ismar Ingber / Acervo COBJovens do COB/ Foto: Ismar Ingber / Acervo COBRio de Janeiro- Os Jogos Olímpicos Rio 2016 chegaram mais cedo para um grupo de jovens e promissores atletas. O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) anunciou nesta segunda-feira, dia 18, 10 atletas entre os 16 jovens que participarão do Projeto Vivência Olímpica. O COB levará esses atletas para Londres durante os Jogos Olímpicos 2012, com o objetivo de antecipar a experiência olímpica deles, quebrando o gelo para 2016. Outros seis atletas serão anunciados até o início de julho, já que alguns ainda têm chances de classificação para os Jogos de Londres.

Alessandra Marchioro (natação), Felipe Wu (tiro), Flávia Gomes (judô), Hugo Calderano (tênis de mesa) e Isaquias Queiros (canoagem) foram anunciados e estiveram presentes ao lançamento do projeto, na sede do COB. Andressa Mendes (saltos ornamentais), Martine Grael (vela), Rebeca Andrade (ginástica artística), Thiago Monteiro (tênis) e Vitor Gonçalves (vôlei de praia) também foram anunciados, mas não estiveram presentes por estarem em viagem para treinos e competições.


"O COB já está trabalhando há alguns anos na preparação da geração que vai competir nos Jogos Olímpicos de 2016. Com a ação de levar alguns atletas para vivenciarem o ambiente olímpico, nós pretendemos quebrar a ansiedade natural que antecede uma competição como esta. Poucos países no mundo fazem uma ação como esta. Com a Rio 2016, resolvemos antecipar esta vivência", explicou o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman.

Para selecionar os atletas, o COB, em conjunto com as Confederações Brasileiras Olímpicas, identificou jovens com histórico de resultados nas categorias de base, em alguns casos já na categoria adulta, e com potencial de evolução até os Jogos Olímpicos Rio 2016. O projeto é voltado apenas para atletas de modalidades individuais ou em dupla. O desempenho dos atletas nos Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010, campeonatos e ranking mundiais foram os principais critérios de escolha.

"Queremos que eles sintam o clima de uma estreia olímpica quatro anos antes dos Jogos do Rio, ainda sem a responsabilidade e pressão por resultados. Assim, eles terão mais vontade de ir aos Jogos, com mais conhecimento de tudo o que cerca uma participação no maior evento esportivo do mundo. Queremos que estes atletas entendam desde cedo o que é o mundo olímpico", explicou Marcus Vinicius Freire, superintendente executivo de esportes do COB.

Em Londres, os atletas serão divididos em três grupos. A rotina deles incluirá treinamento, quando possível, ou acompanhamento dos treinos de sua modalidade, assistir às competições de sua modalidade, conhecer a Vila Olímpica, visitar a Casa Brasil, entrar em contato com a imprensa. Enfim, tudo o que possa ser antecipado em termos de vivência em uma edição de Jogos Olímpicos. Atletas de judô e vôlei de praia, por exemplo, podem ser utilizados como sparrings - estes ficarão mais tempo. Todos ficarão alojados no Centro Esportivo Crystal Palace, base exclusiva de treinamento do Time Brasil antes e durante os Jogos Olímpicos de Londres 2012. O projeto será liderado por Soraya Carvalho, ginasta olímpica em Atlanta 1996, com experiência em formação e qualificação no esporte. Atualmente, Soraya é gestora de cursos e programas do Instituto Olímpico Brasileiro. Soraya também integrou a Missão Brasileira nos Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010.

"É sempre bom ser reconhecida. Este projeto incentiva os atletas a continuarem se esforçando até 2016. É uma forma de aproximar os que não conseguiram se classificar para Londres e ajudá-los a realizar o grande sonho de todo atleta de participar de uma edição dos Jogos Olímpicos. Esse é o maior incentivo que eu poderia ter recebido. Saber que estão apostando em mim é um incentivo. Farei de tudo para estar em 2016 e representar o Brasil muito bem", disse a nadadora Alessandra Marchioro.

"Vou com o objetivo de aprender, ver como funciona uma competição deste tamanho. Não vou para me divertir. Vou com a cabeça focada em ver os melhores atletas do mundo, saber como eles se preparam antes das provas. Não só os atletas da canoagem, mas de todas as modalidades", afirmou Isaquias Queiros, da canoagem.

O Projeto Vivência Olímpica é uma ação do Programa Geração Rio16, que está sendo desenvolvido pelo Comitê Olímpico Brasileiro tendo como meta os Jogos Olímpicos Rio 2016.

Perfis dos atletas do Projeto "Vivência Olímpica":


- Alessandra Marchioro - natação

Local de nascimento: Curitiba (PR)
Data de nascimento: 13/05/1993

Principais resultados:

- 4ª colocada nos 50m livre dos Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010;
- Medalha de bronze nos 50m livre do Troféu José Finkel 2011;
- Medalha de bronze nos 50m livre do Troféu Maria Lenk 2012.

Perfil: Alessandra é uma das nadadoras mais rápidas do mundo da nova geração. Nos Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010 foi finalista em cinco provas e por alguns centésimos não subiu ao pódio nos 50m livre. Por pouco, não se classificou para os Jogos Olímpicos de Londres. Porém, em março, a curitibana sentiu o gostinho de nadar na piscina olímpica, ao representar o Brasil no Campeonato Britânico, que serviu de evento-teste para os Jogos de Londres. Lá, alcançou o melhor tempo da vida nos 100m (56s15) e a quarta posição na final para convidados nos 50m.


- Andressa Mendes - saltos ornamentais

Data de nascimento: 18/04/1997
Local de nascimento: Rio de Janeiro (RJ)

Principais resultados:

- 2ª colocada no Sul-americano juvenil (11);
- Campeã brasileira juvenil (10);
- Campeã brasileira infantil (08).

Perfil: Aos 14 anos, Andressa foi uma das atletas mais jovens da delegação brasileira nos Jogos Pan-americanos Guadalajara 2011. A menina, que desde os 7 anos diz querer ser igual a Juliana Veloso, atleta em quem se inspira. Sonha com os Jogos Olímpicos Rio 2016, quando será uma 'veterana' de 20 anos.


- Felipe Wu - tiro esportivo

Data de nascimento: 11/06/1992
Local de nascimento: São Paulo (SP)

Principais resultados:

- Prata nos Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010;
- Ouro (equipes) nos Jogos Sul americanos Medellín 2010;
- Campeão da Copa das Américas 2010.

Perfil: Felipe começou no esporte aos 8 anos, por influência dos pais, também atiradores. Maior promessa do tiro brasileiro, Wu contraria a tradição da modalidade, ligada aos militares, e impressiona por sua frieza e precisão. A prata nos Jogos Olímpicos da Juventude 2010, em Cingapura, foi a maior conquista da carreira. Cursa Engenharia Aeroespacial.


- Flavia Gomes - judô

Data de nascimento: 15/03/1994
Local de nascimento: Santo André (SP)

Principais resultados:

- Medalha de prata no Grand Slam do Rio de Janeiro, em 2012;
- Medalha de prata nos Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010;
- Campeã mundial Sub-17, em Budapeste, na Hungria, em 2009.

Perfil: Flávia começou no esporte aos 9 anos, em Dracena, no interior de São Paulo, onde seus pais trabalhavam. A família se mudou para o ABC paulista e os resultados não demoraram. A judoca defendeu o São Caetano por sete anos e, em 2011, transferiu-se para o Pinheiros. Foi campeã mundial Sub-17, em 2009, e medalha de prata nos Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010, competindo na categoria até 63kg. Já disputou três Grand Slams na categoria adulta. Seus ídolos no esporte são os medalhistas olímpicos Tiago Camilo e Leandro Guilheiro. Flavia participará como sparring da fase de aclimatação do judô em Sheffield, visando Londres 2012.


- Hugo Calderano - tênis de mesa

Data de nascimento: 22/06/1996
Local de nascimento: Rio de Janeiro (RJ)

Principais resultados:

- 25º lugar no ranking mundial categoria Sub-18 (1º das Américas);
- Ouro nas duplas e bronze no individual do Aberto Juvenil da Eslováquia 2012;
- Ouro no individual e bronze nas duplas no Aberto Juvenil da Polônia 2012;
- 3º lugar individual - Campeonato Mundial Cadete 2012.

Perfil: Com o título do torneio individual da etapa do Circuito Mundial de tênis de mesa da Argentina, em abril, Hugo passou a liderar o ranking do Circuito Mundial Júnior, fato inédito na história da modalidade no país. Hugo esteve presente em duas edições das Olimpíadas Escolares. Em 2008, faturou o primeiro lugar por equipes e o terceiro nas duplas. No ano seguinte, sagrou-se campeão no individual e ficou com a medalha de prata nas equipes. Também em 2009, foi o vencedor do Prêmio Brasil Olímpico das Olimpíadas Escolares categoria 12 a 14 anos.


- Isaquias Queiros - canoagem velocidade

Data de nascimento: 03/01/1994
Local de nascimento: Ubaitaba (BA)

Principais resultados:

- Ouro no Campeonato Mundial Juvenil, em 2011, na Alemanha;
- Quartas de final dos Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010;
- Quatro medalhas de ouro e uma de prata no Campeonato Pan-americano 2012, no Rio de Janeiro.

Perfil: Seu local de nascimento, Ubaitaba, significa "cidade da canoa" no idioma indígena tupi. Através da canoagem superou diversas adversidades e, aos 17 anos, sagrou-se campeão mundial juvenil no C1 200m, título inédito para o Brasil na modalidade. Nos Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010, em um formato diferente de competição, vinha com o melhor tempo da competição, mas foi derrotado nas quartas de final, ficando entre os oito melhores do mundo.


- Martine Grael - vela

Data de nascimento: 12/02/1991
Local de nascimento: Niterói (RJ)

Principais resultados:

- Campeã Mundial da Juventude, em 2009, em Búzios, na classe 420;
- Campeã Mundial Militar de vela, em 2010, na classe J24;
- Medalha de ouro nos Jogos Mundiais Militares 2011, no Rio de Janeiro, na classe HPE25;
- Medalha de bronze na Universíade 2011, em Shenzhen, na China, na classe 470.

Perfil: Traz no sangue o dom do iatismo. Filha do maior medalhista olímpico do país, Torben Grael, Martine já entrava em um barco a vela aos quatro anos para acompanhar o irmão mais velho. Foi em 2010, aos 10 anos, que começou a levar a modalidade mais a sério ao competir na classe Optmist. Seu primeiro título veio aos 13 anos. Depois, passou a velejar na classe 420. Atualmente, disputa a classe olímpica 470 e tem como parceira a medalhista olímpica Isabel Swan, com quem ficou muito perto de conseguir uma vaga para Londres 2012.


- Rebeca Andrade - ginástica artística

Data de nascimento: 08/05/1999
Local de nascimento: Guarulhos (SP)

Principais resultados:

- Medalha de ouro no Troféu Brasil 2012.

Perfil: Em seu primeiro campeonato na categoria adulta, Rebeca Andrade surpreendeu a todos ao conquistar a primeira colocação do Troféu Brasil 2011, derrotando atletas consagradas como Daniele Hypolito e Jade Barbosa. Atleta do Flamengo, Rebeca teve a somatória mais alta nos quatro aparelhos: 55.250 (14.900 no salto, 12.900 nas assimétricas, 13.800 na trave e 13.650 no solo). Começou a treinar com seis anos.


- Thiago Monteiro - tênis

Data de nascimento: 31/05/1994
Local de nascimento: Fortaleza (CE)

Principais resultados:
- Campeão do 40º Banana Bowl categoria 16 anos.

Perfil: Thiago, que joga tênis desde os oito anos, é mais um talento que está sendo lapidado pelo ex-treinador de Gustavo Kuerten, Larri Passos. O cearense faz parte do Projeto Olímpico Rio 2016, da Confederação Brasileira de Tênis. Canhoto, chegou, às oitavas de final do torneio juvenil de Roland Garros 2012. Thiago está em transição para a categoria profissional e já conquistou dois títulos de torneios Future. O atleta é fã de futebol, música e computadores.


- Vitor Goncalves - vôlei de praia

Data de nascimento: 10/03/1991
Local de nascimento: João Pessoa (PB)

Principais resultados:

- Medalha de prata no Campeonato Mundial Sub-21 em 2009 e 2010 e bronze em 2011;
- Medalha de ouro nos Jogos Sul-Americanos de Praia 2011 e prata em 2009;
- Campeão Brasileiro Sub-21 em 2008, 2009 e 2010 e vice-campeão em 2007;
- Campeão Brasileiro Sub-19 em 2008 e terceiro colocado em 2007.

Perfil: Vitor começou nas quadras, aos 11 anos, em uma escolinha de vôlei, em João Pessoa (PB). Decidiu transferir-se para a praia em 2006, atuando ao lado de Álvaro Filho, em um torneio regional. Antes do fim da última temporada, passou a formar dupla com Moisés Mercês. Em 2010, foi eleito como revelação do Circuito Banco do Brasil. Mesmo quando não está treinando, não sai da praia: seu hobby é surfar.


Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curiosidades de Londres

Curta - EA no Facebook