Brasileiros do badminton encaram primeiro desafio do ano pensando em Londres 2012

Para o brasileiro Daniel Paiola, a competição será importante, pois é a oportunidade de melhorar a colocação e garantir um lugar nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 / Foto: DivulgaçãoPara o brasileiro Daniel Paiola, a competição será importante, pois é a oportunidade de melhorar a colocação e garantir um lugar nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 / Foto: DivulgaçãoEUA - Os atletas brasileiros do badminton estão prestes a encarar o primeiro desafio internacional de 2012. Os melhores jogadores das Américas estarão reunidos no torneio Thomas e Uber Cup, entre os dias 16 e 19 de fevereiro, em Los Angeles, nos Estados Unidos.

A equipe nacional contará com dez atletas, que lutarão para melhorar a posição no ranking mundial da modalidade. “A competição vale pontos para o ranking mundial, mesmo sendo disputada por equipes. Sempre é um desafio conseguir um ótimo resultado nesse tipo de evento. A nossa meta é terminar em terceiro lugar, pois o título será disputado entre Estados Unidos e Canadá”, explica o coordenador técnico da Confederação Brasileira de Badminton (CBBd), Guilherme Zumasaka.

O evento é realizado a cada dois anos e seleciona os melhores atletas de cada continente. Os campeões das edições continentais disputarão as finais da Thomas e Uber Cup de 2012, no mês de julho, na cidade chinesa de Wuhan. Os dez integrantes que vão representar o Brasil nos Estados Unidos são: Alex Tjong, Daniel Paiola, Hugo Arthuso, Luiz dos Santos, Lucas Alves (reserva), Fabiana da Silva, Luana Vicente, Lohaynny Vicente, Yasmin Cury e
Paula Beatriz Pereira (reserva).

Para o brasileiro Daniel Paiola, a competição será importante, pois é a oportunidade de melhorar a colocação e garantir um lugar nos Jogos Olímpicos de Londres 2012. Os melhores atletas posicionados no ranking mundial serão selecionados para Londres 2012.

Guilherme Zumasaka ressalta a jovialidade da equipe e a oportunidade de participar de um evento internacional. “O mais velho da equipe tem 24 anos e todos tem a possibilidade de competir nos Jogos do Rio, em 2016. Ter esse tipo de experiência conta muito na preparação dos atletas”. A equipe nacional está fazendo a preparação no Centro de Treinamento de Badminton em Campinas, São Paulo.



Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curiosidades de Londres

Curta - EA no Facebook