Fabiana Murer se diz pronta para brigar por um lugar no pódio em Londres 2012

Fabiana Murer/ Foto: DivulgaçãoFabiana Murer/ Foto: Divulgação 

Londres- A campeã mundial do salto com vara indoor e outdoor Fabiana Murer está confiante num bom resultado nos Jogos Olímpicos Londres 2012. Mais experiente e madura, a paulista de 31 anos quer fazer o melhor salto possível e diz que a conquista de uma medalha será consequência disso. “Chego totalmente motivada. Sinto-me pronta para competir, em ótima forma, muito melhor do que no Mundial de 2011, tanto física como tecnicamente”.

 

Sempre com os pés no chão, Murer não quer antecipar qual marca acredita ser necessária para alcançar a medalha. Mas avisa que vai começar saltando por volta de 4,50m, 4,55m. “Estou com uma consistência maior no salto e isso é fundamental. A motivação é diferente e meu foco esse ano foram os Jogos. É uma competição que quero aproveitar ao máximo, me divertir e buscar uma boa marca. Saltar alto. E se for suficiente para a medalha, saio contente”, afirmou a saltadora, que vai para sua segunda participação olímpica.
 
As varas de competição ganharam destaque durante a entrevista coletiva no Crystal Palace, nesta terça-feira. Murer explicou que elas  foram levadas direto para a Vila Olímpica. "Eu trouxe nove varas, todas com flexibilidade. A que vou usar, depende do tempo, da altura. Isso eu decido na hora. Como não posso entrar no estádio antes da competição, é só a visualização na hora mesmo. Sei onde vai estar o colchão porque vi no mapa, mas estou acostumada com isso, em ver só na hora”, adiantou.
 
Sobre a grande rival Yelena Isinbayeva, a brasileira disse que a adversária está num excelente momento, apesar de não ter conseguido nenhuma marca no GP de Mônaco, disputado no dia 20 de julho. “Ela está com uma corrida muito boa, salto muito bom e a parte física perfeita. Mas não dá para dizer que é a favorita. Esses Jogos Olímpicos estão equilibrados e há seis ou sete atletas com chances de brigar pelo pódio”.
 
Após o primeiro treino no Crystal Palace, Fabiana e o técnico Élson Mirada foram almoçar a comida preparada pela chef Roberta Sudbrack. O cardápio incluiu  arroz com feijão, peixe, carne assada e  couve flor gratinada. “Não sei o que é comer um feijão há mais de dois meses. Foi muito bom sentir o gosto da comida brasileira. Vou guardar na lembrança até minha volta ao Brasil”, brincou Murer. 
 
As eliminatórias do salto com vara estão marcadas para o próximo sábado, 4 de agosto. Até lá, Fabiana Murer vai fazer apenas treinos leves.

 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Curiosidades de Londres

Curta - EA no Facebook