Ultima etapa do Brasileiro de Menores virou festa | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Ultima etapa do Brasileiro de Menores virou festa

Felipe Vinícius dos Santos: ouro no octatlo no Brasileiro Caixa de Menores / Foto: Wagner Carmo/CBAtSão Paulo - A quarta e última etapa do 32º Campeonato Brasileiro Caixa de Atletismo de Menores, realizada na tarde deste domingo 19, foi uma verdadeira festa na pista e nas arquibancadas do Estádio Ícaro de Castro Melo, no Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, no Ibirapuera, em São Paulo. Atletas e torcida comemoraram muito os índices obtidos e os ratificados para o Campeonato Mundial de Menores de Lille, em julho, na França.

Motivos para festa não faltaram num bonito domingo de sol e calor, que favoreceu para a obtenção de marcas importantes. No salto em distância, por exemplo, Douglas Selestrino (7,35 m) e Higor Silva Alves (7,28 m), ambos de São Paulo, superaram a marca mínima de 7,20 m. "Agora é treinar com afinco para o Mundial e tentar melhorar o resultado", disse Douglas, do Centro de Excelência de São José do Rio Preto (SP).
 
Nos 200 m, a catarinense Tamiris de Liz obteve o índice pela segunda vez, com 24.23. Ele já havia ratificado a marca nos 100 m e integrou o revezamento campeão do torneio, totalizando três medalhas de ouro e ajudando o seu Estado a ganhar a competição feminina. "Estou muito feliz. Correr em alto nível não é fácil. Você tem de conviver com as lesões, com dores e aprender a superar tudo isso", comentou a atleta de Joinville.
 
Nos 800 m, o mineiro John Maycon Alves (1:51.33) e o gaúcho Marcelo Henrique Scolari (1:51.85) correram novamente abaixo da marca mínima, de 1:52.36. "Consegui o índice pela terceira vez, mas não é fácil. Você tem de dar o máximo possível na pista", disse o corredor de Uberlândia, que treina com Luiz Alberto de Oliveira, que foi técnico de Joaquim Cruz, Zequinha Barbosa e Agberto Guimarães, os grande especialista da modalidade que o Brasil já teve.
 
No arremesso do peso, Izabela Rodrigues da Silva ganhou a prova com 13,62 m, superando pela quarta vez o índice de 13,00 m. "Não gostei do resultado. Acho que se repetisse na competição o que tenho treinado a marca seria muito melhor", afirmou a atleta, que também foi vice-campeã no lançamento do disco.
 
O Rio de Janeiro, que dominou as provas dos 100, 200 e 400 m, confirmou seu favoritismo ao vencer o revezamento medley e conseguir o índice para o Mundial. Um dos integrantes da equipe carioca, Vítor Hugo dos Santos, campeão brasileiro dos 200 m, não poderá integrar o grupo por ser ainda Mirim.
 
O mesmo ocorreu na prova feminina do salto em altura. A paranaense Ana Paula Caetano de Oliveira, de 14 anos, foi a vencedora com 1,75 m, justamente o índice exigido pela CBAt. Por não ter a idade da categoria (16 ou 17 anos), não poderá ser convocada.
 
"Fico triste por um lado porque derrotei meninas mais velhas e mostrei meu potencial. De outro lado, porém, posso esperar o próximo Mundial e até lá estarei saltando bem mais alto", observou com rara consciência e tranqüilidade. "Vou torcer e muito para o Brasil na França."

O Comitê de Técnicos escolhido pela CBAt escolheu o paulista Felipe Vinícius dos Santos, ouro no octatlo, com índice para o Mundial, e a potiguar Elysle da Silva Albino, vencedora dos 5.000 m marcha e índice também para Lille como os destaques masculino e feminino da competição, que reuniu cerca de 370 atletas de 25 Estados e do Distrito Federal durante dois dias no Estádio Ícaro de Castro Melo. O prazo para a obtenção de índice para o Mundial de Menores terminou neste domingo.
 
"Ganhar o octatlo e conseguir o índice não foi fácil. Sei que tenho potencial para ir mais longe porque aqui melhorei sete das oito marcas que fiz", observou muito confiante Felipe Vinícius.
 
RESULTADOS DAS FINAIS DESTE DOMINGO À TARDE
 
Salto em distância - masculino
 1-Douglas Selestrino (SP) - 7,35 m*
 2-Higor Silva Alves (SP) - 7,28 m*
 3-Moisés Maldonado (MS) - 7,04 m

Salto em altura - feminino
 1-Ana Paula Caetano de Oliveira (PR) - 1,75 m**
 2-Jenifer Vieira Norberto (MG) - 1,72 m
 3-Carla Eduarda dos Santos ((PR) - 1,63 m
 
200 m - masculino
 1-Vítor Hugo dos Santos (RJ) - 21.79 (0,1)
 2-Renato dos Santos Jr (RJ) - 21.97
 3-Marden dos Reis Alves (SP) - 22.18
 
200 m - feminino
 1-Tamiris de Liz (SC) - 24.23* (0,1)
 2-Beatriz de Oliveira de Souza (DF) - 24.51
 3-Júlia Henkel Schman (RS) - 24.67
 
Arremesso do peso - feminino
 1-Izabela Rodrigues da Silva (SP) - 13,62 m*
 2-Saionara Pascolatto (RS) - 12,09 m
 3-Jéssica da Silva Almeida (MT) - 11.84 m
 
800 m - feminino
 1-Alissandra de Lima Araújo (RN) - 2:14.43
 2-Bianca Mendes dos Santos (SC) - 2:15.07
 3-Natália Dias Passos (SP) - 2:16.23
 
Lançamento do martelo - masculino
 1-Daniel Ahanazio Silva (SP) - 55,07 m
 2-Jonathan Felipe Cardoso (SP) - 53,07 m
 3-Gustavo Borges Waskievicz (SC) - 52,32 m

 800 m - masculino
 1-John Maycon Alves (MG) - 1:51.33*
 2-Marcelo Henrique Scolari (RS) - 1:51.85*
 3-Luy Mauriki Dias de Lima (SC) - 1:53.67
 
10.000 m marcha - masculino
 1-Max Batista dos Santos (DF) - 48:37.40
 2-Bruno Marques Fidelis (PR) - 48.38:98
 3-Fábio Aguiar Jr (SC) - 51:14.33

 Revezamento medley - feminino
 1-Santa Catarina (Camila Aparecida Finardi, Anke Zimmermann, Tamiris de Liz e Emily Kohler) - 2:15.69
 2-São Paulo (Mariela Reis, Eloísa dos Santos, Nathalia Rosa e Tatiane dos Santos Pereira) - 2:18.10
 3-Rio Grande do Sul (Johana Gricio, Bruna Gabriela Schuster, Bruna Dannebrock e Júlia Henkel Schwan) - 2:18.25
 
Revezamento medley - masculino
 1-Rio de Janeiro (Flávio Lucena, Renato dos Santos Jr, Vítor Hugo dos Santos e Carlos Eduardo Grachet) - 1:55.52*
 2-São Paulo (Roberto Seigi Katsuki, Marden Alves, Gustavo Augusto Amorim e Maycon Pedro da Cunha) - 1:56.97
 3-Rio Grande do Sul (Regis Smaniotto, Guilherme Montanari, Guilhermi Scolari e Marcelo Scolari) - 1:57.97
 
Octatlo
 1-Felipe Vinícius dos Santos (SP) - 5.945 pontos*
 2-Althieres Aparecido dos Santos (MG) - 5.705
 3-Alex Aparecido Soares (SP) - 5.600
 
*Resultados são índices para o Mundial de Lille
 **Embora tenha alcançado o índice ainda é Mirim e não pode ser convocada
 
ATLETAS COM ÍNDICE PARA O MUNDIAL DE LILLE

Masculino

Carlos Eduardo Pereira Grachet - 400 m
 Marcelo Henrique Scolari - 800 m
John Maycon Alves Apolinário - 800 m
Douglas Candido Selestrino - salto em distância
Higor Silva Alves - salto em distância
Nelson Henrique Gonçalves - arremesso do peso
 Thiago Adriano de Jesus Silva - lançamento do disco
 Felipe Vinícius dos Santos - octatlo
 Equipe de revezamento medley do Rio de Janeiro
 
Feminino

Tamiris de Liz - 100 m e 200 m
Andressa Moreira Fidelis - salto em distância
Izabela Rodrigues da Silva - arremesso do peso
 Elysle da Silva Albino - 5.000 m marcha
 
QUADRO GERAL DE MEDALHAS
 1-São Paulo - 42 medalhas - 13 de ouro, 19 de prata e 10 de bronze
 2-Rio de Janeiro - 19 - 8 de ouro, 7 de prata e 4 de bronze
 3-Santa Catarina - 11 - 6 de ouro, 2 de prata e 3 de bronze
 
MASCULINO
 1-São Paulo - 23 medalhas - 9 de ouro, 11 de prata e 3 de bronze
 2-Rio de Janeiro - 12 - 5 de ouro, 4 de prata e 3 de bronze
 3-Paraná ¬- 4 - 2 de ouro, 1 de prata e 1 de bronze
 
FEMININIO
 1-Santa Catarina - 7 medalhas - 5 de ouro, 2 de prata e 0 de bronze
 2-São Paulo - 19 - 4 de ouro, 8 de prata e 7 de bronze
 3-Rio de Janeiro - 7 - 3 de ouro, 3 de prata e 1 de bronze
 
OS MELHORES ATLETAS POR ÍNDICE TÉCNICO DO TORNEIO
 
Masculino - Felipe Vinícius dos Santos (SP) - ganhador do octatlo
 Feminino - Elysle da Silva Albino (RN) - vencedora dos 5.000 m marcha
 

 


 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook