Jhonatan Longh é desclassificado no Slalom em Sochi 2014

Jhonatan Longui / Foto: DivulgaçãoJhonatan Longui / Foto: Divulgação

Sochi - Jhonatan Longhi não completou a prova de slalom dos Jogos Olímpicos Sochi 2014, neste sábado, dia 22. Após terminar a primeira bateria na 69ª colocação entre os 115 que iniciaram a prova, Jhonatan foi desqualificado na segunda descida por perder uma das portas (passagem obrigatória). O brasileiro tentou voltar e refazer a passagem, mas ao chegar ao final da pista foi desqualificado pela organização, que confirmou uma passagem do brasileiro com um dos esquis por fora da porta. 
"Fiquei um pouco chateado porque achei que tivesse conseguido retomar a porta.  Mas eu já sou um cara de muita sorte por estar aqui, não tenho do que reclamar”, disse Jhonatan. “Não gostei da minha prova hoje. A pista está muito deteriorada, com condições muito duras. Muito calor, a neve derretendo, parecia esqui aquático. Tentei terminar pelo meu país”, completou Jhony, que fez a primeira bateria em 59s24. 
 
Jhonatan, hoje com 25 anos, já pensa na próxima edição de Jogos Olímpicos, em PyeongChang, na Coreia do Sul. O brasileiro afirma que está avaliando mudar de modalidade, trocando o esqui alpino pelo esqui cross. “Estou pensando em tentar participar de outro ciclo olímpico no esqui cross, que pratiquei quando era criança. Não é uma mudança fácil. Necessito de um ou dois anos para fazer uma transição”. Diferentemente do esqui alpino, no esqui cross os competidores descem juntos na pista.
 
Essa foi a segunda participação olímpica de Jhonatan. Em sua estreia, em Vancouver 2010, aos 22 anos, o atleta chegou na 56ª colocação no slalom gigante. No Canadá, Jhonatan também não completou o percurso do slalom. Em Sochi, o brasileiro alcançou a 58ª colocação entre os 109 atletas que iniciaram o slalom gigante, na última quarta-feira. “A organização dos Jogos foi perfeita. Muito melhor do que em Vancouver. A Vila fica a cinco minutos da pista de treinamento e competição. Isso é perfeito. Mas as condições da neve não são muito boas. Mas não se pode querer tudo”, disse o atleta.
 
O esqui alpino é uma modalidade contra o relógio em que os competidores esquiam por um percurso em declive e realizam passagens obrigatórias entre obstáculos (portas, gates) que marcam mudanças de direção. O slalom é a prova mais técnica do esqui alpino porque os percursos têm mais portas, obrigando os atletas a realizarem mais curvas. Os competidores realizam duas descidas em diferentes percursos. Os tempos são somados e o total determina o vencedor.
 
O mais rápido entre todos os atletas após as duas baterias e medalhista de ouro do slalom em Sochi foi o austríaco Mario Matt (1m41s84); a prata foi para o também austríaco Marcel Hirscher (1m42s12); e o bronze para o norueguês Henrik Kristoffersen (1m42s67).
A Cerimônia de Encerramento dos Jogos Olímpicos de Inverno Sochi 2014 está marcada para o domingo, dia 23, às 13h (de Brasília) no Estádio Fisht. A patinadora Isadora Williams será a porta-bandeira da delegação brasileira.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook